28 agosto 2009

retrato de familia




Fui passar a tarde na casa da Tati, ontem. Assistimos a um filme que logo mais falarei sobre ele. É DIVÃ. Um filmaço. Mas a melhor parte mesmo ficou por conta da Mel, a labradora bege que mais parece um bezerro crescido que não tem a menor ideia do seu tamanho. Ela se acha o menor cachorro do mundo. Um terço do tempo do filme, Tati passou arremessando o brinquedo da Mel, para a área e ela saía correndo para buscá-lo. Não demorava nem um segundo e estava de volta com o dito brinquedo, um osso roxo enorme de borracha. Tati repetia a operação "jogar o osso" e lá ia a Mel novamente. Isso durou enquanto Tati teve braço para a farra. Cansada, mudou a brincadeira pois Mel ainda ávida de atenção cismou de sentar na poltrona com uma de nós duas. O problema é que as poltroninhas da Tati, lindinhas, são daquelas que só cabem uma pessoa de tamanho normal. Vai explicar isso para a Mel. Teve hora que ela estava no meu colo, então eu tinha que abaixar a cabeça dela para conseguir ver o monitor. Em outras ela tentava e conseguia se enfiar atrás de uma de nós e quase tirava a gente da poltrona. Outro tanto de tempo, esse o menor, ela ficou deitada esticadona no chão, cochilando com o maravilhoso osso na boca, quase dormindo. Nesses momentos, eu e Tati, nem respirávamos para não acordar a menina. Foi cansativo mas muito divertido. Incrível o que esses bichos fazem com a gente. Não só fazem parte da família que os acolhe na casa como passa a fazer parte da família como um todo. Todo mundo tem cachorro, todo mundo gosta, e todos tratam bem. É bom sinal. Sinal que nem tudo está perdido no relacionamento humano. Quando nem os bichos nos aguentarem, aí sim é que teremos problemas.

2 comentários:

Nane Cabral disse...

Ei Welze! Adorei o filme Divã, assiti no cinema, muito bom, ainda mais para assitir com as amigas. bjos, Nane http://vovoqueensinou.blogspot.com

Noiva em Fúria disse...

OI mama, nem fale não, foi uma dureza... mas com certeza maravilhoso... Minha mini giganta acha que é um poodle, vou eu fazer o que né....
Amei....