26 novembro 2009

ALERTA! MOTOCICLISTAS X CANCELAS


Estou já há algum tempo com uma coisa engasgada que está me deixando louca. Hoje aconteceu outro probleminha então decidi. Tenho que botar alguma coisa pra fora, senão me arrebento. Um problema, eu, depois de muito pensar, engulo, mas dois, não. Decidi então falar o que ocorreu com a Tati minha filha e meu genro num hipermercado da cidade. Depois de fazerem comprinhas nele, os dois estavam saindo em sua moto, quando ao passarem pela cancela da saída, perceberam que não tinha uma saída especial de motos e sendo assim, se posicionaram atrás de um carro. Como essa loja não entrega cartão na entrada, supuseram que na saída, o que abriria a cancela seria uma célula fotoelétrica ou coisa do genero. Perceberam que quando muitos carros passavam muito juntos, a cancela nem chegava a fechar. Então, entraram na fila para saírem e assim que o carro da frente saiu, eles tentaram sair logo atrás . Tentaram porque a cancela se fechou na cabeça da minha filha, causando dores, além de susto nos dois e um quase tombo. Um pouco refeitos de toda aquela situação, se dirigiram ao chefe da segurança, que nem se dignou a olhar para eles, dizendo que moto, tem que sair por uma faixa estreita com marcação no chão. Mas como saber disso, sem avisos ou placas colocadas bem visíveis antes de chegar na cancela? Com muito transito, o que menos se vê é o chão. Meu genro quis argumentar para que colocassem mais aviso bem visíveis, mas o cidadão continuou a ignorá-lo. Para não brigar, saíram de lá. Outro dia, minha irmã, leu em algum jornal local, que em outra loja do mesmo grupo, aqui mesmo em Sorocaba, o problema se repetira. Entrou em contato com minha filha, que já se pronunciou ao jornal. Uma vez pode ser acidente, mas isso já cheira a falta de competência e responsabilidade. Minha filha precisou procurar médico, fez alguns exames inclusive ultrassonografia e precisou tomar remédios para combater a dor. Eles nem querem saber de nada. Pois quando o cliente está saindo, ele já gastou na loja e sendo assim, acabou o interesse do dono da mesma por eles.

4 comentários:

Cláudia M. disse...

Olá Welze

Realmente essa situação é revoltante! Por aqui tb acontece muito disso, não há sinalização, e a pessoa tem que adivinhar...

É isso que vc diz, o consumidor já deixou lá o dinheiro, a partir daí já não conta? Mas eles deviam pensar que a pessoa provavelmente não vai voltar a esse lugar...
Fez bem em desabafar e divulgar.

bjs

Leci Irene disse...

Como está a filhota? Vou fazer uma oração por ela!
Beijos

SUELY PERES disse...

É amiga, infelizmente deparamos com situações e epísódios que só decepcionam e muitas vezes ferem a nossa dignidade e ainda nos colocam em risco de vida. Graças a Deus que não foi grave...mais temos que botar a boca no trombone
para encorajar as pessoas a se defenderem. beijinhos

Carmencita disse...

Que absurdo, isso é caso de dar queixa na polícia, imagine! Eles são responsáveis sim, até se vc levar um tombo, caso esteja úmido o chão, agora se ela se machucou eles tinham que rever isso, pedir desculpas, e colocar avisos indicativos, tomar providências.
Fez muito bem em postar esse protesto, te dou o maior apoio.
Espero que sua filha esteja bem. Bjss