01 dezembro 2009

LAGOA SANTA-MG

Sexta feira passada, quando meu bonitão me ligou dizendo que iríamos para BH, fomos um bocadinho mais à frente. Fomos à uma cidade chamada Lagoa Santa. Como dormimos de sexta para sábado em Santo Antonio do Amparo-MG, chegamos à Lagoa Santa, logo pela manhã de sábado. Nos desencumbimos do frete, coisa pequena e ficamos, como diz meu marido, por nossa conta. Passeamos um pouquinho pela cidade e começamos os planos para a volta, dessa vez, sem compromisso profissional. Pensamos em passar em Passos ou Divinópolis, cidades que adoramos, ou talvez, em Alfenas que gostamos também, com direito à conhecer, quem sabe, nossa deliciosa Vice. Mas a falta de GNV, nos fez pensar melhor. Nossa Negona, gasta bastante quando é movida à gasolina e seu outro combustível, que é o GNV, não é tão fácil de encontrar, por aquelas cidades. Então, como quem não quer nada, mas querendo muito tudo, sugeri um leve desvio no roteiro da volta e que passássemos em Serra Negra. Paramos, olhamos o mapa, somamos quilometragens e para nossa alegria, não era mais longe, do que se viéssemos direto para Sorocaba. Em Serra Negra, tem um Sítio, que costumamos visitar sempre, que é um paraíso entre nós. É sem dúvida o melhor lugar do mundo. Tem pescaria, é claro, cozinha das boas, amizade, carinho, coisa de gente de bem com a vida. É o Sítio Bom Fim, que recomendo para todos que forem para aqueles lados. Não se arrependerão. Então, saindo da Rodovia Fernão Dias, na altura de Pouso Alegre, viemos por cidades deliciosas, como Borda da Mata, até chegar em Ouro Fino, depois Águas de Lindóia, Lindóia e finalmente Serra Negra. Demos algumas paradinhas em todas essas cidades, para uma espiadinha no comércio, umas comprinhas, inclusive de acepipes, ou seja, coisinhas para um lanche, pois ao chegarmos no Sítio Bom Fim, seria noite e a copa estaria fechada. Seu Nestor, um dos proprietários, nos aguardava, pois liguei para ele da estrada e nos serviu uma "geladinha" que desceu como uma luva. Logo fomos para nosso chalé, um banhosinho honesto e preparamos nosso lanchinho na varanda do nosso quarto. Queijos e pimentas e doces de minas, pães e bebidas de Águas de Líndóia. Domingo, muita conversa, muito papo, pescaria da boa, comida sem igual e uma descidinha até o centro da cidade à noite para outro lanchinho. Segunda feira, os peixes nos brindaram desde a manhã. Conseguimos uns bem grandes. Depois do almoço, no caminho de volta, uma paradinha em Pedreira, que está toda enfeitada e de lá, direto para nossa casa. Tudo maravilhoso.

5 comentários:

Café com Bolo disse...

Querida!
Que bom que voltou!
E quantas coisa boas vc fez por lá...e quantas delícias ein?
Adoro essas coisas, geléia caseira, coisinhas mineiras...hum...deu até água na boca!
Beijos e benvinda de volta.

Eliana Pessoa disse...

welse que passeio maravilhoso principalmente junto com seu amor! adorei seu blog vou esperar sua visita no meu.beijos bom descanso.

Tatiana disse...

Delícia de passeio!!! Eu adoro essas viagens descompromissadas de ultima hora...sempre são boas surpresas!!!
Bjs

Renata disse...

Welze, quando vier a BH de novo me avise! Pelo visto a viagem foi otima, as fotos lindas...mas tbm concordo que estar em casa e sempre muito melhor! Seja benvinda de volta!

Lira disse...

Welze estou com uma "santa"inveja que delicia de fim de semana menina!!!tenho parentes em Bragança e já estive em Serra Negra... mas na cidade, adorei... este Sitio é lindo.
beijos