18 abril 2010

mais uma da imprensa

Hoje, o bonitão e eu fomos almoçar na casa/chácara dos sogros da cucla, Marlene e Vitinho. Saboreamos uma deliciosa feijoada e eu e a Marlene, como mostra a foto, o fizemos no caramanchão à beira da piscina. Um senhor cenário, gente da boa e comida idem. Só que a cucla estava danada da vida e logo que cheguei falou:_Mutla, tenho uma pérola da mídia para você comentar no blog.
Explicando-se, comentou que na noite de sábado, quando ela e o Vi assistiam à tv, numa chamada para o Fantástico, a repórter discorreu sobre os assuntos que seriam tratados no programa ressaltando a morte de Lady Laura, mãe do cantor Roberto Carlos, ocorrida em tal hospital, de onde entrou ao vivo uma repórter que soltou a pérola dizendo que o Rei estava fora do Brasil, em tal lugar, recebendo naquele momento uma justa homenagem pela venda de muitos milhões de discos e que ainda não estava sabendo da notícia. A cucla ficou uma fera imaginando se alguém daqui, sabendo da notícia, usasse um celular para alguém que estivesse lá e contasse o ocorrido. A notícia poderia se espalhar feito fogo em palha e até alguém da plateia, mais afoito, poderia aos gritos, tornar público tão triste fato. Parece mentira, mas isso poderia acontecer. Que falta de tato, de profissionalismo, de humanidade. Tudo pelo privilégio da notícia em primeira mão. Já tem muito tempo, uma situação muito parecida ocorreu quando um jornalista chegou à casa da filha do cantor Agostinho dos Santos, com imagens ao vivo, para entrevistá-la sobre o premio que seu pai acabara de receber como o melhor cantor do ano e estaria naquele momento voando para Lion na França para recebe-lo. A moça, toda sorrisos, atendeu a imprensa quando uma vizinha dela, saiu à rua aos gritos, tudo isso mostrado ao vivo pela câmera, que haviam noticiado numa rádio, que Agostinho dos Santos, acabara de morrer num acidente aéreo. Um acidente triste que levou muitas pessoas, dentre elas, o cantor e outras pessoas do meio artístico. A filha do cantor, quase morreu, entrou em desespero e sem nunca largar a câmera, a equipe do programa gravou tudo e depois exibiu exaustivamente em seu canal. Que pobreza. Que ganancia. Tanto tempo se passou, mas parece que uma grande parte da mídia, ainda continua podre. Que pena.

Um comentário:

Eliana Pessoa disse...

WELSE A NOTICIA PARECE MAIS IMPORTANTE QUE O SOFRIMENTO DAS PESSOAS!
EU ESTOU TRISTE DEMAIS COM A MORTE DE MEU IRMÃO QUERIDO IMAGINO MUITO BEM O SOFRIMENTO DO REI!!!
BJIM