31 maio 2010

CIGARRO? NÃO!!!!!! NUNCA!!!!!


Hoje é dia mundial sem cigarro. Como já postei aqui, não tenho nada contra quem fuma. Pelo menos contra quem é adulto, conhece os riscos e efeitos do tabaco e mesmo assim, continua fazendo uso dele. Sei lá, não é. Cada um sabe de si. Penso que temos o dever como seres humanos de alertar, mas usar, fica a critério de cada um. Mas que eu acho que está melhor e mais fácil de se viver depois da proibição de usar tabaco em lugares públicos, ah, isso está mesmo. Está, como direi, MAIS CHEIROSO. É muito bom você sair de casa, bem arrumada, perfumada e voltar assim, depois de algumas horas em um barsinho, ou seja lá onde for que você tenha estado, na companhia de seus amigos e mais um montão de gente. A mudança é sensível. Quase palpável. Mas ainda tem muita gente fumando. Pessoas que não desconhecem o perigo, mas o fazem. Num hospital, esperando para ser atendida em Março deste ano, estava eu em uma sala, quando uma faxineira entrou me falou "Vou entrar aqui no banheiro para fumar, se me procurarem, não diga que estou aqui". Eu olhei, mas nem deu tempo de falar nada e ela já fechou a porta do banheiro. Ato contínuo, entrou uma outra faxineira perguntando por aquela e dizendo que ela soubera aquele momento que estava grávida e que se dependesse dessa sua colega, a outra não fumaria mais. Passou o tempo e dias desses, eu, no mesmo hospital esperando por meu médico, só que dessa vez no jardim,vi a mesma faxineira grávida, agora com a linda barriguinha já mostrando ao mundo que ali estava um bebê. Não acreditam o que ela fez.
Ela saiu se esgueirando pelas folhagens e se "escondeu" atrás de um arbusto alto. Eu achei aquilo no mínimo fora de propósito e fui verificar o que estava havendo, é claro que, disfarçadamente. Pois não é que aquela criatura, estava ali, abaixada "MAMANDO', num cigarro. Ela estava tão absorta, aquilo estava lhe dando tal prazer que ela nem me viu. Que pena. Com essa, acho que é pregar em areia, ou enxugar gelo, como diria meu irmão Leléco. Mas tenho certeza que campanhas, programas oferecidos pela rede pública, conselhos e muita conversa, dá certo sim. Se pelo menos uma pessoa por dia, se conscientizar que será melhor para ela, parar de fumar, tudo terá valido a pena. Só uma por dia já fará a diferença. Eu faço a minha parte falando, aconselhando quem eu vejo que está iniciando nessa arte. Sem me tornar chata ou a dona da verdade. Acho que tudo dará certo.
desenho da prosaude.wikispaces.com

9 comentários:

ELIANE VILELA disse...

oie.. obrigada pelo carinho

Ai meu pai é fumante, a muito tempo, eu e meu irmão ja conversamos tanto para ele parar, mais nunca conseguimos nada!
Mas ainda vou tentar...

bjus e boa semana

Silenciosamente ouvindo... disse...

Eu não fumo,mas já fumei muito o dos outros, agora com as proibições
um pouco menos.
Obrigada pela sua visita ao meu
blogue.Desejo-lhe uma boa semana.
Beijinho/Irene

Téia disse...

Welze querida, o cigarro contribuiu muito para levar meu pai da terra aos 50 anos. Como é que pode atualmente, com tanta informação, as pessoas continuarem a fumar? Ô vício nojento! Grávida fumando? BOm, aí é ignorância mesmo. Bem, cada um arca com suas atitudes, mas para o bebê é covargia. Tadinho! Bjka.

Eliana Pessoa disse...

WELSE QUERIDA BOA SEMANA PARA VC É FAMÍLIA!!
BJIM

Rachel disse...

Graças a Deus não fumo mais, nem quero me lembrar daquele tempo, espero que tenha tempo suficiente para amenizar os malefícios que causei amim e aos outros tb!!!
Bjuss e ótima semana pra você!!!

Miriam disse...

Olá Welze,
Sou ex fumante e também não acredito como pude ser tão ingenua a ponto de estragar a minha saúde por ele,

Tempos passados, liberta e curada...

Que sejamos abençoados por Deus!!!
1000 Beijokinhas

Dona Amélia disse...

Ai, frô, luto diariamente com Marido e Mamys pra que parem de fumar... Rezo diariamente para que consigam. ;o)

Xêros
PAty

Sonhadora disse...

Olá Welze, obrigada pelas suas palavras em meu blog. Eu sou assim mesmo. Tem dias que faço muitas coisas, mas tem dias que minha vontade é ficar deitadinha na cama.

Por isso fiz uma promessa a mim mesma de não ficar parada. Ou cuidar de plantas, ou limpar a casa, ou ler um livro, ou participar da Renovação Carismática, ou dançar no tapede do PS2... enfim tudo para mandar a ansiedade e a depressão para bem longe daqui.

Adoro seu blog e suas receitas. Já pensou em transformar o blog em um livro?

Beijos e fique com Deus.

SUELY PERES disse...

Amiga, eu fumei durante 20 anos, mais graças a Deus me livrei desse mal e hoje tbem aconselho muito quem fuma quanto ao mal que faz. beijinhos