21 maio 2010

MINHA (NOSSA) AGENDA


Desde a mais tenra idade, meninota ainda, já gostava de uma agenda. Não passava sem uma agenda. Nos tempos passados, elas não existiam tão bonitas e caprichadas como as atuais, mas eu sempre dava um jeito de comprar uma cadernetinha para usá-la como agenda. Ali marcava meus "compromissos", dias de prova, entrega de trabalho e era também meu diário. Não deixava escapar nada. Colocava nesse caderninho tudo que tinha acontecido de bom. O ruim, quase nunca era "postado" por achar que não valia a pena futuramente relembrar tal acontecimento. Com o tempo, com a idade, a presença de uma agenda em minha vida, principalmente no ambiente de trabalho, acabou sendo indispensável. Mas, mesmo tendo no trabalho, conservei minha agenda pessoal, em casa, para marcar coisinhas como troca de botijão de gás, aniversários, gastos, compras, passeios, enfim tudo.Depois que os filhos nasceram, passou a fazer parte da "minha agenda", compromissos e acontecimentos deles também. Então começaram a ser anotados nessa agenda compra de carro de um, de moto de outro, viagens de um e outro, início de emprego deles, menstruação da cucla, consultas médicas. Mudanças para suas casas, assinatura de compra de casa. Até hoje, quando querem saber que dia foram para determinado lugar, perguntam para mim. Quando trocaram de carro ou moto, perguntam para mim. Quando foi tal encontro de moto em tal cidade, perguntam para mim. Que dia consultaram tal médico, a mesma coisa. O que ganharam ou deram de aniversário para tal pessoa, idem. Acho legal. Eles tem confiança na minha agenda. Não falha nunca. Perguntou, procurou e achou. É claro que eles também tem suas próprias agendas, mas a familiar é sempre a mais consultada. É uma agenda familiar. É mais um elo que nos envolve. Adoro isso.

5 comentários:

Mi disse...

Welse, temos isso em comum.
Também não vivo sem agendas e tenho a maior dó de jogá-las fora. Até outro dia atrás eu tinha as agendas de dez anos atrás - as reli me emocionei rememorei alguns acontecimentos e as joguei fora. Ainda ficaram as de 2008 e 2009. As vezes as consulto e sempre me trazem recordações. Tenha um excelente final de semana. Bjs

Monica disse...

Também adoro agendas Welze. Mas hj as minhas são virtuais pela praticidase. Mas claro que não e igual. Nada como o bom e velho caderninho.

Drika disse...

Puxa, adorei isso de você anotar tudo, inclusive sobre seus filhos. Que massa! Bjs!

Leci Irene disse...

Legal,amiga! Na minha agenda, ninguém pode confiar - hahaha - ela fica em branco! Só tomo nota de algumas idéias para seguir durante o ano... depois,os compromissos vou escrevendo em papéizinhosque se perdem.... sou totalmente desorganizda!

Noiva em Fúria disse...

Ahahahaha, esse realmente é um costume que mamãe passou para mim. Adoro fazer minhas anotações, mas ainda confio mais na dela que na minha.
Um dia desses ainda escrevo um livro,ah e o livro da Mamãe daqui a pouco sai....rs