19 agosto 2010

SER EDUCADO ESTÁ NA MODA!

Mais uma da saga.
Logo logo estaremos em ritmo de Natal, festas de final de ano, confraternizações. Isso me lembra presentes. Sorteios de amigo oculto, ou invisível. Isso me lembra foras, gafes, ocorrências desagradáveis. Alguns inesquecíveis que a todo ano volta na minha memória. Gafes que com um pouquinho de educação e o famoso SIMANCOL, não teriam acontecido.
Por isso, essa postagem.
PARTICIPANTES:Quando estiverem listando os nomes dos participantes do amigo oculto, no trabalho, escola ou em família, procure saber quem entrará na brincadeira. Se não tem afeto, amizade, tolerância por alguém, mas mesmo assim quer participar do sorteio, bota na cabeça que você pode pegar o nome justamente dessa pessoa. Então se prepare, abra um sorriso, ainda que amarelo, para o hora em que abrir o nome que você sorteou. Pode estar certa que muitas pessoas estão de olho na sua reação. Por mais que lhe custe, não faça cara de desapontada. Quando da revelação, esse ar de paisagem exibido na hora do sorteio virá à tona e será muito desagradável. Em nome da descontração que a brincadeira pede, finja um pouquinho. Ou então não participe.
PRESENTES: é normal em brincadeiras desse tipo, que o presente seja uma lembrancinha. De pequeno valor financeiro. Ai então entra em ação seu bom gosto, sua criatividade. Se o valor foi fixado num tanto, não exagere muito acima desse valor (nem abaixo). Não pega bem nem para quem receber essa maravilha que você dará de presente. Já pensou a situação de uma pessoa que recebe de sua parte uma garrafa de um maravilhoso vinho e que dará por sua vez ao seu amigo oculto, uma simples lembrancinha como por exemplo, uma caneta, uma agenda, uma caixa de bombons? Quem criou essa situação desconfortável foi você com seu presente fora do preço e padrão para a brincadeira. É melhor seguir as regras para que ninguém se sinta mal. E o que falar da pessoa que irá lhe presentear? Viu que você caprichou demais no presente para seu amigo, mas receberá uma coisa bem mais simples. Ficará chateada também. E porque? Por uma situação que você armou. Então, por essas e por aquelas, se estipulado um valor, vamos respeitar esse valor. Acho que assim é bom para todo mundo.

3 comentários:

Deia disse...

Oi Welze! São as saias justas natalinas - vendem em qualquer loja? Porque, com certeza, presenciaremos algumas, e serio ótima se tivéssemos como trocá-las - rsrs!
Um beijo, excelente dica! Deia.

Tida disse...

Oi, Welse,
Faz dias que não venho aqui e cheguei e me encantei com tanta novidade.
Vim lhe dar os parabéns por ter sido sorteada no saboreando a vida.
Vi tudo aí embaixo. A história da faxina é ótima. O bolinho de arroz tb, embora diferente do que eu faço.
A propósito, e não é que o bonitão é bonitão mesmo?

Bjs

Aline disse...

Depois de muito bater a cabeça aprendi a não me desapontar mais quando entro nesses amigos oculto.
Sempre calhava do meu amigo ter esquecido e comprado algo de última hora, a gente nota. afff....

Obrigada pelos recadinhos carinhosos no blog!!

Beijosss