15 setembro 2010

PREOCUPADA

Pois é. Estou preocupada. Nem sei se tenho esse direito, mas estou. Alguns blogs estão há um certo tempo sem sinal de vida. Blogs pelos quais desenvolvi um carinho incrível.
As proprietárias, ainda descubro um termo mais afetuoso para me referir à essas querida, mas a verdade que essas pessoas sempre me fizeram companhia nesse mundo, com seus comentários no gostosuras e com muita coisa boa e gostosa de se ler em seus blogs.
Alguns, fazem dias que estão quietinhos, outros um tempão.
Além de achar falta da companhia, postagens e comentários, me preocupa essa ausência, esse sumiço.
Quero acreditar que estão com outros interesses, sem tempo, em fase de exames, mudanças, mas de qualquer modo, fico muito triste em chegar nos tais blogs e não encontrar a querida ali. Não sei o que está acontecendo, mas desejo que todas estejam bem e felizes.
Se vocês estão pensando que isso é muita intromissão de minha parte, concordo com vocês.
Mas, sabe aquelas pessoas com as quais você encontra todos os dias por seu caminho, aqueles caminhantes da pista no seu horário, ou no ônibus? Você não sabe o nome, não sabe nada da vida, mas se fica muito tempo sem ver, estranha e quer saber se está tudo bem? Eu sou assim. Mesmo com vizinhos com os quais não tenho amizade, apenas a politica da boa vizinhança, sabemos que podemos contar uns com os outros em necessidade, mas não nos frequentamos. Se um fica muito tempo sem ver o outro, já se preocupa. Se a gente passa vários dias pela casa do outro e não vê sinal de vida, estranha. Mas se no dia seguinte, vê uma janela aberta, os jornais recolhidos, as plantas fresquinhas com água, isso já nos tranquiliza. Sei que hoje em dia não se usa muito isso de se preocupar com os outros, mas posso afirmar que não se trata de querer fofocar ou bisbilhotar a vida alheia, simplesmente é uma preocupação de pessoa para pessoa.
Espero que todos estejam bem.

6 comentários:

JOANA CAMPOS disse...

Xiiii, iagualzinha eu! tbém fico preocupada!

beijos

Joana Campos

Marliborges disse...

Ah, é mesmo Welze, a gente fica pensando: xi, será que houve alguma coisa? É bem assim. É que vamos criando laços, essa é a verdade. Mas, eu entendo, tem horas que realmente embola o meio-de-campo e não conseguimos atender tudo. E comigo andou acontecendo isso, um monte de trabalho (ainda bem, rsrs) e a internet resolveu incomodar. Eu também sou como tu, fico querendo ver todo mundo lá comigo. É fogo, amiga! Bjsssssss

Drika disse...

Concordo com você Welze. Também fico preocupada. Bjs!

Leci Irene disse...

Hummm.... manda um e-mail. Não é errado não, pois a gente se preocupa...então, manda um recado.

disse...

Oi Welze,
Não é bisbilhotar na vida dos outros, não. É carinho, amor ao próximo, e não se preocupar só com o seu umbigo. E é tão bom, tão gostoso saber que mesmo de longe, tem pessoas que se preocupam com nós. São queridas especiais.
Bjs. Rê

Noiva em Fúria disse...

E Minha Mama, é dessas pessoas que se preocupada de verdade com o estado do outro.
Coisas do coração.