28 outubro 2010

BLOGAGEM COLETIVA - MINHA IDEIA É MEU PINCEL

Essa foto reproduz uma tela de Monet. É IRISES IN MONET'S GARDEN. Sempre fui apaixonada pelas cores de Monet. E justamente sobre essa pintura, tenho um causo.
Minha irmã Juju, estava muito aflita. Recém separada de marido, filha estudando e morando longe, mudança de casa. De vida. Radicalmente. Estava difícil assimilar tanta mudança. Estava queixosa. Triste mesmo. Um dia, durante um de nossos demorados abraços, falei ao seu ouvido, que achava que sua vida estava, naquele momento, coberta por um pano grosso, pesado, escuro. Mas que não podíamos nos esquecer que por baixo daquele pano, estava um jardim florido. Iluminado por flores maravilhosas, onde não faltavam cores, odores, sons de pássaros. E isso tudo era dela. Para ela. Só era preciso esperar o tempo certo e retirar o pano escuro. O tempo certo, a força certa, o movimento exato. Eu estaria ali, com ela, para juntas levantar-mos esse pano e corrermos feito loucas por aqueles canteiros. Enquanto eu falava isso, eu pensava nessa tela, da qual tenho uma cópia. O tempo passou. Demos tempo ao tempo, sem angústias, sem desespero, mas sem deixar de ir à luta pelo lugar prometido. Que chegou afinal. Lindo como esperado.

14 comentários:

Judite disse...

Oi Welze!

Essa tela é mesmo linda.
A vida sempre está dentro de nós.. e cabe a nós fazer com as flores e os frutos brotem do nosso interior.

"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração!" (Sl 37:4)

Deus te bendiga e seja contigo hoje e sempre!

http://www.youtube.com/watch?v=oHGwAkPEu8o&feature=related

Glorinha L de Lion disse...

Minha queridona! Que linda sua estória, feita de vida real, sentimentos reais, como a tela de Monet! Que o pano escuro seja retirado da vida dos que sofrem. Que suas almas sejam inundadas por cor, luz, sol, amor, energia pura que sinto agora saindo de meus dedos e indo até aí, VIBRANDO em colorido, em VIDA! Que todo o universo se reúna em cor e luz. Deixo aqui, registrado nestas letras, meu desejo de SAÚDE e PAZ!
Beijos enorme!

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

WELSE ADOREI VIR AQUI VER ESSE POST TÃO LINDO!!!

Lianara **Lia** disse...

Que lindo, Welse!!

Nada como o tempo para retirar o pano grosso e revelar um lindo e florido jardim!
AMEI!

Parabéns!

Beijos
Lia
Blog Reticências...

Macá disse...

Welse
De novo, nós por aqui, na Blogagem Coletiva.
Gostei do seu texto, e da sua colocação do " pano grosso, pesado, escuro."
Tem que tirar mesmo, senão a vida não anda, não vai pra frente.
Uma coisa leve, colorida, sempre cai melhor, não é?
beijos

LILIANE disse...

Welse
é bom ter alguém amigo e carinhoso quando precisamos de um colo,né.
que bacana o amor que ofereceu para tua irmã
e que bonito partilhar esta história com a gente.
essa pintura nos trouxe tanta riqueza, né.
parabéns pela postagem
parabéns pelo blog que eu conheci hoje.
beijos

orvalho do ceu disse...

Olá, estimada Welze
Vi postado aqui uma história de vida e com final feliz pois a paciência teve êxito:
"Só era preciso esperar o tempo certo e retirar o pano escuro".
Bem aventurados os mansos de coração...
Seja feliz e abençoada!!!
Abraços fraternos e votos de serenidade.

Isadora disse...

Welze, muitas vezes, a vida se apresenta assim mesma, com pesados e cinzentos panos e cabe somente a nós (ou com um ombro amigo) tirarmos o pano, ainda que seja pesado e que demore um pouco. Um lindo jardim sempre nos aguarda. Já passei por momento um pouco parecido!
Um beijinho

Deia disse...

Welze!! Adorei a metáfora. Acho que quase todos passam por momentos cobertos por esse pano preto, não é? O que valeu foi a sua sabedoria de esperar o tempo certo para retirá-lo. A obra, nunca saiu ali debaixo... beijocas mil, morena linda!! Deia

pensandoemfamilia disse...

Olá estou aqui no seu espaço por estar participando da blogagem e vim ler seu post.
Realidade vista através dos jardins de Monet. Parabéns a metáfora deu certo e vc pode compartilhar.
bjs

Socorro Melo disse...

Welze,

Que experiência de vida linda. É sempre assim, os jardins, às vezes, se enchem de abrolhos, mas, no tempo certo, os mesmos são retirados, e só resta a beleza das flores, suas cores e perfumes, caminhos limpos, lindos e aplainados, para revigorados,nos deleitarmos com as alegrias da vida.

Grande abraço
Socorro Melo

Marli Borges disse...

Welze, como vc escreve bem!!! Que história bem contada! E a metáfora então!!! Bjsssssssssss

Beth/Lilás disse...

Oi, Welze!
Então este quadro tem uma história sua por trás e deve ter sido muito interessante escrever sobre ele.
Espero que tudo esteja colorido agora como este lindo quadro de Monet.
beijo carioca

Luma Rosa disse...

A arte é um santo remédio! Cura e nos faz ir para um lugar imaginário onde os nossos problemas não cabem! Bonita a força que passou para a sua irmã. Isto sim é viver!! Beijus,