16 janeiro 2011

CAUSOS DE FAMÍLIA


Me ocorreu uma coisa ainda agorinha que me remeteu há muitos anos. Quando minhas crianças eram pequenas, por costume da família e recomendação do pediatra, elas chupavam muita laranja.Tirava casca da laranja, partia em duas bandas e dava uma para cada um. As vezes, colocava em seus peitinhos, pano de cozinha, aqueles guardanapos grandes, pois os babadores eram pequenos para toda a molhadeira que faziam. Pois bem. Eles ficavam sentadinhos no chão, afundavam os narizinhos na laranja e era lindo demais da conta ver aquele quadro. Chupavam ruidosamente até a última gotinha de suco e mastigavam o bagaço. Não sobrava nada. Sim pois antes de lhes dar a laranja,eu tinha o cuidado de tirar as sementes. Mas teve uma vez que uma delas escapuliu da minha inspeção e foi sem que eu percebesse. Não demorou muito e o Bruno, com a carinha cheia de "garrafinhas" de laranja, aquelas bisnaguinhas onde fica o suco, com os olhos arregalados me falasse com muita preocupação; -Ih mama, acho que "inguli" uma semente de laranja. Agora vai nascer um pé de laranja na minha barriga? Adorei aquilo e hoje me lembrei pois estava fazendo espetinhos de frutas, morango e abacaxi, para colocar na churrasqueira e como percebi que com as cerejas não ia dar certo, pois os caroços não saiam com facilidade, passei a comer essa fruta que adoro. Descuidadamente, engoli um carocinho da fruta. Ai ai ai, e agora? Será que vai nascer uma cerejeira na minha barriga? Sei lá né. Vamos aguardar.
Na foto, minhas crianças. Não tão pequeninas mais, mas, ainda minhas crianças.

14 comentários:

JOANA CAMPOS disse...

Eitá, mãe pe mãe né? só muda o endereço e os filhos...KKK

Bjs

Nidi disse...

hahaha... meu pai sempre falava isso pra mim e para meus irmãos quando éramos crianças, e o pior é que eu ficava com a maior interrogação na cabeça com medo de nascer um pé de laranja na minha barriga! rsrs...
Lembranças boas... saudades desses tempos!
Beijos carinhosos*

Mi disse...

Que gracinha Welze, eu também achava que ia crescer uma laranjeira na minha barriga. Acho que suas crianças nem se resfriavam, com uma mãe tão prestativa e carinhosa dessas...Um bom final de domingo minha querida.
Bjs

Anakoelho disse...

Oi Welze!
Dá saudades deles pequenos...um tempo q. não volta mais e passou tão depressa...
Um ótimo final de domingo e abençoada semana pra vc.

"Manjares da Manu" disse...

Saudades, mãe coruja!!!!

Bjs... Boa semana!!!!

Nice & Ana disse...

Adorei Welze, essas lembranças são para vida toda, parabéns pelos filhotes lindos, bj♥kas e uma semana maravilhosa queridona, ;)...

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

PUXA VIDA WELSE ADOREI A NARRAÇÃO DA HISTÓRIA VC É ÓTIMA NISSO!
NOSSOS FILHOS CRESCEM DEPRESSA DEMAIS!E POR AÍ JÁ TEM NETINHOS??!? PORQUE AÍ COMEÇA TUDO DE NOVO!!!
BEIJO

Maria Célia disse...

Ei Welze
Que história bacana com seus pequenos.
Também tenho saudade das minhas nesta idade aí das laranjas.
Bjo

Valéria disse...

Oi Welze!
Para os pais filhos são eternas crianças...tenho 4, com 30, 28,27 e 26 e me pego fando como se eles ainda fossem crianças...
Em 2010 fiz contagem regressiva para meus 50 anos, nem acredito...Não sinto a idade, só quando me vejo no espelho...

Néia Lambert disse...

Welze querida, toda mãe viaja nas lindas histórias dos seus rebentos, aliás, por falar nisso, que belas as suas "crianças".
Beijos

Vicentina disse...

Mãe é mãe mesmo né, para elas os filhos não crescem são sempre crianças.
Adorei a historia, e tbm ver a foto deles, são realmente lindos.
Bjs e Boa Semana.

Lourdes Sabioni disse...

KKKK...pelo menos sua cerejeira vai te fazer economizar, não precisando mais comprar a fruta...KKKK...já pensou se a gente pudesse ter um pomar na barriga??? CEASA ia a falencia!!!
Bjs

Noiva em Fúria disse...

Agora já sei pq o Bruno é alto desse jeito... tá aí, nasceu um pé de laranja nele....BJo

Bombom disse...

Fizeste-me lembrar de uma ocasião com muita febre, teria eu uns 5 anos e levei a noite toda a perguntar à minha Mãe se engolisse um caroço de laranja se morria. Ela dizia "Não". E eu ia perguntando: e se fosse de azeitona? ...E de pêssego?...E ela sempre respondendo com paciência: Não...
Parabéns pelos Filhotes tão bonitos e alegres. Para nós são sempre os nossos meninos! Bjs. Bombom