20 janeiro 2011

EDUCAÇÃO. MAIS UMA PARTE

Então é isso, como dizia ontem, está faltando bom senso. Para muita gente, sem excluir idades. Educação e bom senso, fazem toda a diferença. Segunda-feira, meu filho Bruno, foi à uma consulta médica, por não estar se sentindo bem. É óbvio. Chegou ao consultório, se apresentou e esperou por sua vez. Estando as poltronas ocupadas, ficou por ali, em pé, aguardando sua vez. Depois de algum tempo, uma poltrona vagou e ele se sentou. Não passou muito tempo e chegou uma senhora. Ela se dirigiu à recepcionista, mostrou os documentos e ficou à espera de sua vez. Imediatamente Bruno lhe ofereceu o lugar. Ela aceitou e se sentou. Mas ele também queria estar sentado, uma vez que não estava se sentindo tão bem. Demorou mais um tempinho, um outro lugar vagou e lá foi ele, ocupá-lo. Novamente, alguém adentrou o consultório. Se apresentou à recepcionista. Ninguém se mexeu para oferecer o lugar. Mais uma vez, meu garoto se levantou e ofereceu o qual estava ocupando. Só depois de outro tempo passado, ele finalmente conseguiu esperar por sua consulta, sentado. Segundo ele me falou, não faria questão nenhuma de sentar, se estivesse se sentindo bem, como era o caso de muitos acompanhantes de pacientes que se encontravam ali. Mas para essas pessoas faltou o tal do BOM SENSO. Ou seria educação, sei lá. Mas faltou alguma coisa. O Bruno me contou isso para dizer que não estava bem, mas por outro lado, eu fiquei muito satisfeita com sua atitude. Prevaleceram o bom senso dele e a educação que lhe demos. Valeu
imagem do google

8 comentários:

Leci Irene disse...

Por vezes me parece que os pais estão deixando a educação a cargo de outras pessoas - ou estão não estão se dando conta desta parte tão importante na vida de seus filhos..... Fico a imaginar este mundão como será daqui a alguns anos, se nossa gente esquecer pequenas regras que promovem o bem estar!!!!!
Outra coisa: estou hoje me divertindo um monte, copiando as tuas receitas!!!!!!!!!!!

LILIANE disse...

Welze,
educação vem do berço né.
parabens para o filhão.
e está chegando o seu dia né.
beijinho.

Néia Lambert disse...

Welze é tão prazeroso perceber que aquilo que passamos para os filhos foi bem assimilado. Educação e respeito fazem a diferença no caráter de qualquer um. Parabéns pelo seu filhote, vc deve estar orgulhosa, eu também ficaria.
Beijos

ADri@n@ disse...

nem fale.....
tem gente que precisa mesmo de semancou...

mas ai no Brasil ainda tem gente com o bom senso, igual teu filho, que levanta...
aqui em Londres nao tem nem fila preferencial
eles tem que ficar na mesma fila igual a ttodo mundo...

bjo

Nice & Ana disse...

Olá Welze querida, parabéns pelo filhão, eu fico indignada com isso tbem além de acontecer nos hospitais, e muito comum no ônibus e metrô as pessoas são muito sem noção, tem gente que finge está dormindo ou que não viu para não dar o assento de quem é de direito, e olha que no caso do metrô tem sempre uma advetência dizendo os bancos de cor laranja são especiais e que as pessoas devem ceder à quem é de direito, eu posso estar cansada e o banco especial vazio, mas não sento, acho que educação é primordial, bj♥kas, Ana, ;)...

Rachel disse...

Você já reparou que boa parte de todos os entreveros, mal entendidos e descasos... são por falta de bom senso!

Vamos ter fé... um dia as coisas mudam e as pessoas também!

Bjuss!!!

Valéria disse...

Oi Welze!
É um chavão, mas tudo é uma questão de bom senso!
Hoje é de assustar a falta de empatia das pessoas uma com as outras, em todo lugar que se vá lá está alguém desrespeitando as regras do bom viver!

Vicentina disse...

Bela atitude do seu filho.
Bjs