25 janeiro 2011

QUEM FOI? NÃO FUI EU!!!!!!!!!!!

Gente, um assunto desagradável ou engraçado, sobre o qual quase ninguém fala, mas todo mundo conhece. O PUM. Pois é. Isso mesmo que você está pensando. O mal cheiroso, as vezes silencioso, as vezes ruidoso, algumas vezes até que fraco, mas as vezes de matar quem está nas imediações. Sabe aquelas situações quando você está numa loja legal, vendo umas roupas bonitas e vem não se sabe de onde aquele cheiro desgraçado de ruim. Não sei como você se comporta, mas eu sempre finjo não sentir. Eu fico envergonhada de demonstrar que estou sim passando mal por causa do cheiro. Fico em transe, mas finjo que não estou sentindo nada. Tem gente que faz disso um costume normal pracaramba. Já me disseram que fazer isso, ou seja, soltar puns no meio de muita gente é um grande barato. Tem gente que faz escândalo, sai de perto, resmunga, xinga e o maior barato é que ninguém com certeza sabe quem é o autor da façanha. Só sabe que não foi a própria pessoa. Por outro lado, só quem fez é que sabe. Uma pessoa me disse que adora soltar puns caminhando na rua. Se o vento estiver em direção contrária, essa pessoa nem vai sentir o odor, normalmente desagradável, mas quem vem atrás, sai de baixo. Estou falando isso, porque várias vezes, estamos o bonitão e eu na sala, só nós dois e lá vem o famigerado cheiro. Eu abro as cortinas, falo que vou acender fósforos, é aquela barulheira. Noite dessas, o cheiro reinou de repente. Ele mais que depressa falou, NÃO FUI EU. Como assim, não foi ele, não fui eu também. Então, ele teve a certeza que tinha sido eu e eu estava mentindo e da mesma forma, eu sabia que só podia ter sido ele e que não queria dar o braço a torcer. Depois de alguns minutos, fui para o computador que fica num quarto ao lado da sala e nossa cachorrinha Vitória, foi junto. Logo que me sentei, ela também se instalou, bem embaixo da cadeira onde eu estava sentada. Passou alguns minutos mais e lá vem o tal cheiro. SENHORDAGLÓRIA, era horrível. Aí pensei: Puxa vida, o cheiro está vindo da rua, não foi o bonitão mesmo. Dali a pouco novo bombardeio. Aí não estava fácil. Era insuportável. Nem bem tinha passado o cheiro e o ar estava novamente incolor, sim porque com tal cheiro parece até que o ar cria cor, aquelas bem lúgubres, nova rajada da metralhadora. Aí foi que me toquei . Era a belezona da dona Vivi embaixo da minha cadeira, mandando bala pra tudo quanto é lado. Ara ara ara. Saí do quarto dando muita risada e fui contar ao bonitão. Ela me seguiu, é claro, e nem mudou a expressão da cara. Continuou com aquela de quem nada fez. Vivi do céu! Pelo menos dê uma latida pra avisar a gente quando for descarregar a metralhadora. Assim não pode!

20 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKK MUITO BOM!!!KKKKK

Sílvia Gianni disse...

Oi Welze...achei seu post muito engraçado e me lembrei da época em que dava aulas. Como descobrir quem era responsável por "aquele" odor numa sala com mais de trinta anjinhos? Sempre rolava uma confusão, acusações, narizes tapados e uma abertura de porta, às vezes discreta, outras vezes já com raiva por parte da professora que vos escreve. Adorei a lembrança, "apesar de tudo". Bjos.

Blog da Chris disse...

RSRSRRSRSRSRSR

Quando comecei a ler o texto logo lembrei de um conhecido meu que logo dizia que era o cachorro... rsrsrssr No caso dele,a cho que o pobre do cachorro levou a fama sem dever... rsrssrsrsrsr
Muito engraçado!!!

Lourdes Sabioni disse...

KKKKKK!!! Imagina eu com 04 dogs, sendo 03 de grande porte???
Ainda bem que não moro em apertamento, já pensou como seria o ar do meu lar? KKKKKK
Bjos

Andréa disse...

Welze,
você é muito engraçada só vindo aqui pra alegrar o meu dia, kkkkkkkkk!
Muito bommmmm!!
Pior que é verdade, rsrs.
bjs.........

Nilce disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Sabe que quando eu era novinha, mais, porque ainda sou, kkkkkk, eu pensava que artista e gente rica não soltava pum.
kkkkkkkkkkkkkkkkk
Quando descobri, fiquei chateada.
Só por Deus!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bjs no coração!

Nilce

milu disse...

KKKKKKK!!!!Vivi espertinha!!!

milu disse...

KKKKKKK!!!!Vivi espertinha!!!

Ana Falletti disse...

Ai que ótimo Welze!!! adorei!! existem coisas que geram assuntos polêmicos/engraçados...srsrsrs como esse e é comum nas melhores famílias...hahahaha!!! aqui em casa temos um fazedor de puns aqui que se chama Gucci, mas ele é tão fofo, tão lindo que a gente perdoa qualquer cheirinho!!! rsrsrs bjs

Diario da kyara disse...

ola amiga querida como andas,vc é muito divertida com teus textos adoro.Viu queria le perguntar vc tem msn adoraria conversar com vc,ate queria tirar umas duvidas mas no blog fica dificil,se for possivel logico nao quero te atrapalhar.bjs e adoro todos seus comentarios no meu blog.Estarei fazendo outros com historias de romance espero que vc esteja la obrigada.

Néia Lambert disse...

Ah! Welze eu adoro passar por aqui pois venho com a certeza de sair contagiada por seu alto astral e sempre saio sorrindo. Muito boa essa história do pum, normalmente, acusamos as pessoas (ou animais) errados mesmo, rsrs.
Beijos

Marly disse...

Oi, Wel,

Tô rindo às gargalhadas, pois já passei por isso com a criaturinha de quatro patas aqui de casa. Mas, sabe que percebemos que quando a forçamos a ficar só na ração (que ela odeia, mesmo sendo a mais cara) os gases acabam? O problema é que ela, muitas vezes, fica dois dias com fome, mas não come a ração! o que nos obriga a dar carne pra ela!

Um beijo

Renata disse...

KKKKK!!! Nem sabia que cachorro soltava pum...essa foi boa!!! KKKKK!!!!

Nidi disse...

hahaha... adorei isso! rsrsrs... meu cachorrinho, o Bill, já soltou pum também, só que ele solta e já vira o focinho pra trás assustado para ver o que é e começa cheirar.. rsrsrs... parece que não entende o que "aconteceu com ele" rsrs... esses bichos são muito engraçados!
Welze, gostei muito do seu comentário na minha postagem sobre o gluten, obrigada pelo carinho, viu?
Bjsssssssssssss*

Chocolate na Cozinha disse...

Olá, passei rapidamente p/ dar um alô! o "sujeito" está quase bom...
bjs,

ADri@n@ disse...

voce e' otima. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
...
e como anda nossa contagem regressiva???
bjao e otima quarta

Danieli disse...

Hahahahahahaha, caí na gargalhada aqui! A Vivi não deu bola porque pra ela é um negócio mais do que natural heheehheeh mas realmente, desconheço uma pessoa que não tenha passado por situações parecidas com as que você contou.
Beijinhos!

Valéria disse...

Oi Welze!
Você descreve o cotidiano com muito bom humor...Também já passamos por isso com o nosso Bruce, e ele fica com carinha de quem não fez nada, é demais!

Valéria disse...

Oi Welze!
Você descreve o cotidiano com muito bom humor...Também já passamos por isso com o nosso Bruce, e ele fica com carinha de quem não fez nada, é demais!

Valéria disse...

Oi Welze!
Você descreve o cotidiano com muito bom humor...Também já passamos por isso com o nosso Bruce, e ele fica com carinha de quem não fez nada, é demais!