03 fevereiro 2011

SÓ ACONTECE COMIGO?


Dia desses ao entrar em uma loja bem concorrida pelos artigos e preços, percebi que tinha que passar por uma CATRACA, BORBOLETA ou TORNIQUETE. Sem problemas. Sem problemas se não estivesse do lado direito da catraca, como que impulsionando seu funcionamento, um homem de quase 2 metros de altura, bem avantajado, com muitos quilos à mais. À cada pessoa que entrava, ele se debruçava para girar a catraca. Mas o fazia de modo que a pessoa era obrigada a passar esbarrando nele. Antes de entrar, porém percebi que ele só agia assim, quando mulheres passavam na dita borboleta. Com homens era diferente. Eles mesmos giravam a coisa. Então, é claro que percebi que o tal GUARDA ROUPAS, estava ali era mesmo tirando umas casquinhas. ANTES que me falem qualquer coisa, sou uma pessoa tamanho GG, de família, de homens tamanho GG. Então nada contra o tamanho do homem e sim contra sua atitude. Quando fui passar lhe disse bom dia e pedi licença. Ele se debruçou na catraca e falou que poderia passar. Eu parei e pedi licença novamente. Ele não fez menção de sair e eu não fiz menção de entrar. Percebendo que vinha um rapaz atrás de mim, me afastei para o lado permitindo que ele passasse na minha frente. Imediatamente o virador de borboletas se afastou para que o rapaz passasse. Ato contínuo eu passei e dei um sorriso maroto para o homem. Como que dizendo, passei e você não se esfregou em mim. Fiz comprinhas e percebi que o tal cidadão estava na catraca da saída como que me aguardando. Não tive dúvidas. Fui passando e assim que ele quis se encostar, esfreguei nele uma garrafa de dois litros de refrigerante super gelado que havia acabado de comprar. Sabem a que altura eu passei-lhe a garrafa? Lá mesmo. Gelei por segundos as partes do homem. Ele deu um pulo e com certeza por alguns minutos, pelo menos, repensou sua atitude. Olhei para trás e dei novo sorrisinho pra ele. Ara ara ara. Vá se esfregar em quem gostar da coisa. Comigo não, violão (essa é velha hein?).

12 comentários:

Tatiana disse...

Hahahahaha to morrendo de rir Welze...vc é ótemaaaa!!!

Yasmin*´¯`*.¸¸.*´¯`*♥* disse...

kkkkkkkkkkkk..garanto que ele nao se aproveita mais da mulherada hehehe


bjinhos

Valéria disse...

Oi Welze!
Você é mesmo muito divertida, tudo se transforma sob sua ótica, ótimo!

Blog da Chris disse...

Adoro o jeito como vc é danada de esperta!!!!! rsrssrsrsr Pôs o cidadão no seu devido lugar. Onde já se viu???? Atrevido ao máximo.
Ninguém te pega menina!!!!

Bjs

KINHA disse...

Olá Welze

Amiga vc é demais. Adorei sua atitude e se todos agissemda mesma maneira, desmotivaria os safados.
Gostei mesmo da gelada na região Sul.

Um ótimo final de tarde à vc.

Bjoooooooooooooooo............

http://amigadamoda.blogspot.com

Beth/Lilás disse...

Welze, você é bótima!
Tá certa! Esses caras pensam que toda mulher gosta dessas coisas e ainda por cima se acham os gostosões.
Da próxima, leve uns alfinetes e conforme for passando vai espetando.
haha
bjs cariocas

Lourdes Sabioni disse...

ESPERTINHA, HEIN, AMIGA?
LEMBROU-ME MINHA MÃE QUANDO COMECEI A TRABALHAR E TOMAVA ONIBUS LOTADO...ELA ME DEU UM ALFINETE, PARA ESPETAR OS ESPERTINHOS...KKKKKKK
BEIJOS!

ADri@n@ disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk adorei...
eu tenho nojo de homem assim... e quando voce ta em onibus e eles resolvem se esfregar??? afff que nojo...
bjo

Rachel disse...

Aiai Welze, você me mata de rir...bem feito pro sabichão, procurou...encontrou o dele...rsrsrs!
Bjuss!!!

Néia Lambert disse...

Welze só você para me fazer parar um pouco em plena sexta-feira, com um montão de coisas para fazer e vir aqui rir contigo.
Esse sujeito não sabia com quem ele estava mexendo,rsrs.
Beijos

Nilce disse...

Bem feito pra ele Welze.
Eu teria dado uma bela cotovelada, aliás já fiz isso num cinema que frequentava.
Nunca mais o palhaço se esfregou em mim.
Cada uma que nos acontece...

Bjs no coração!

Nilce

Maria Célia disse...

Ei Welze
Mais que folgado e tarado, hein. Você deu-lhe um chega pra lá daqueles. Adorei.
Bjos