15 abril 2011

INFÂNCIA !!!!!!!!!!

Essa postagem faz parte da BLOGAGEM COLETIVA - FASES DA VIDA. INFÂNCIA: não posso dizer dizer que foi a melhor fase da minha vida, pois todas foram as melhores, cada qual a seu tempo. É claro que pouco me lembro. Mas muitas histórias, ainda estão na minha mente como daquela vez que um pedreiro desceu a enxada na minha cabeça e tive que ir ao hospital para dar pontos. Falando assim até parece que foi agressão, mas é claro que não, eu é que não saía do pé do pedreiro que estava a trabalhar e eu achando que ele precisava ardentemente da minha ajuda, não saí de perto. Tenho lembranças dos dias em que inventava doenças para não ir à escola. E olha que não era por causa de bulling não, era só mesmo para ficar em casa brincando. Minhas doenças eram daquele tipo que assim que a hora da entrada na escola passava, como num passe de mágica, a doença passava também. Tem também uma vez, a primeira que andei de onibus sozinha. Fui visitar minha madrinha que morava no centro da cidade. Minha mãe combinou com ela de me apanhar no ponto que desceria do onibus e me acompanhou até o ponto em que entrei no coletivo. Eu nem me cabia em mim, me achando a própria moça, a adulta do mundo, imaginem só, andando de onibus sozinha!!!!!!!. Imaginava coisas e coisas que aconteceriam comigo dentro do onibus e eu as teria que resolver por mim mesma, pois afinal ESTAVA SOZINHA. Mas é claro que nada aconteceu. Mas mesmo assim estava na moral. Tanto que para passar aos presentes e companheiros de jornada, um ar muito adulto, quis e depois de muitas tentativas, consegui, cruzar as pernas, que naquela época eram curtas demais para tal feito. Mas consegui! E assim fiquei, com dores na coxa, mas fiquei imóvel até que o onibus fez uma curva danada de brusca em seus 40 quilómetros por hora, assustadora velocidade, e eu mesmo sentada me desequilibrei e não querendo dar o braço a torcer e me segurar nos bancos ou descruzar as pernas, fui ao chão. Muitos companheiros correram ao meu socorro, e eu na maior pinta, engoli o choro de vergonha e, de dor mesmo, no quadril que bateu a toda no chão, olhei para todos, respirei fundo e dei a maior gargalhada do mundo. Todos ficaram aliviados e eu pude ouvir a melhor frase do dia:- ELA ESTÁ ACOSTUMADA A ANDAR DE ONIBUS. NÃO FOI NADA. Para mim valeu cada segundo do ocorrido. TEMPO BOM, QUE NÃO VOLTA MAIS, SAUDADE.... Que nada, volta sim, é só lembrar.

30 comentários:

Nane Cabral disse...

Muito bom relembrar a velha infância,rs... Beijinhos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

orvalho do ceu disse...

Minha querida Welze

"Então ficaram todas as crianças a sua INFÂNCIA a passar seus anéis azuis de orvalho".

Menina, como vc aprontou com um ar de gente grnade,hein???
Eu não teria a sua coragem de andar de ônibus sozinha pequena ainda... vc foi sempre assim tão valente???
Nem me deixariam, claro!!!
Gostei muito como terminou o seu post sobre a sua infância: é só lembrar que ela volta sim!!! Muito legal!!!

Hoje, o meu desejo de paz e alegria é para vcs que:

"...estendem o seu conceito
de vida,
e a veem na gota de orvalho".
(Lice)


Obrigada pela sua linda participação...

Orvalho do Céu é uma “Chuva de Néctar da Verdade”... ou Palavras de Deus...

É isso que lhe desejo nesse tempo que estamos entrando...
Uma Abençoada Semana Santa e uma Páscoa extremamente feliz!!!
Bjs de paz e achocolatados

Anônimo disse...

Olá,Welze!
Sabe,eu gostaria de ter sido sua amiga de infância...
Vc é muito divertida!
Bom fim de semana.
Ester

Renata Boechat disse...

KKKKKKK!!!!

Claro que volta, volta sempre que voce quiser voltar a ser aquela criança traquinas! Essa criança que está sempre dentro da gente, basta chamar que ela vem correndo!

Nidi disse...

Que delícia lembrar e relembrar das fases da nossa vida, não é mesmo!? Quando olhamos pra trás vemos que já passamos e aprontamos cada coisa! rsrs..
Bjsss*

Andréa disse...

Você é nota 1000!
Amo vir aqui, é muito bom recordar a infância tempos que só ficam na memória.

Tenha um ótimo fim de semana!
bjs,
Andréa....

Gina disse...

"Cê" não é mole não, mulher!
Demorei a chegar até aqui porque administrar a coletiva e ler tudo vai um bom tempo, mas o prazer compensa e como!
Também tive um pedreiro na minha infância, morria de medo do tamanho dele. Na minha cabeça tinha mais de 2 metros... Mesmo ele sorrindo do meu medo, eu saía correndo dele e deixava ele lá trabalhando nas obras do meu pai.
Bom final de semana!

Cucla disse...

Coitada de vc Mama, mas perder a pose, jamais....bjo

angela disse...

adorei...bjs

Rachel disse...

kkkkkkk, só você mesma... achei que não leria nada mais engraçado que a estória da enxada e você vem com eese tombo no bondão...rsrsrs!
Fala a verdade é tão bom recordar, e recordar é viver, não é mesmo, acho que a blogagem de hoje está mexendo com todas nós, são muitas emoções!

Bjuss!!!

Elcio Tuiribepi disse...

To rindo aqui...porque meu irmão do meio tinha donças assim...
Quando ia chegando no colégio a dor apertava...certo dia minha mãe combinou com o farmaceutico e o lvou para tomar uma injeção...seu orlando o farmaceutico separou uma injeção norme...
meu irmão disse assim:
o mãe...aquela dorzinha passou...rs
Bom relembrar...parabéns pela participação
um abraço na alma
Beijo

Socorro Melo disse...

Welze, você não existe. Cada vez que conheço um pouco mais de você, gosto mais de você, sinceramente. Você é o tipo de pessoa que costumo me espelhar: cheia de vida, alto astral, com um coração enorme, humor nas alturas, e cheia de presepadas como dizemos por aqui.
Adorei esse post. Ri muito com a sua autosuficiência lá no ônibus,kkk que coisa linda! Mas, o bom é que você passou boa impressão, positivismo, e conseguiu atingir seu objetivo.
Você deve ter sido uma criança adorável, e muito sapeca!

Beijo GRANDÃO
Socorro Melo

Josy disse...

Ai ai Welze, vc foi um furacão hem!! Tá explicado por quem Cucla puxou kkkkkk
Adorei o texto...bjocas amiga bom final de semana

LILIANE disse...

Ai Welze....
que barato o seu tombo.
eu já cai no ônibus, mas depois de velha, e em cima de um senhor enorme que estava sentado, fui com tudo em cima do "homi" rsrs

ai querida, tempinha bão... hehehe
passei para dizer oi...
beijos.

Néia Lambert disse...

Welze que delícia poder voltar no tempo e reviver esses momentos tão especiais.

Bom final de semana, beijos.

Renata Neris disse...

"TEMPO BOM, QUE NÃO VOLTA MAIS, SAUDADE.... Que nada, volta sim, é só lembrar."

Que frase fantástica!

Obscure Beauty disse...

Sempre que conta uma historia nova tem sempre qualquer coisa de engraçado =P Adorei a historia do autocarro (onibus) ehehehe, menina traquina!

A memoria é a pior coisa que se pode perder... Não ha nada como poder recordar estes momentos que nos aquecem o coração

beijinhos

Nice & Ana, comidinhas com pitadas de amor e carinho... disse...

Magnífico post Welze querida, te desejo um lindo fim de semana juntamente com sua família, Ana, ;)...

Lourdes Sabioni disse...

Welze, querida, lendo você, lembrei de mim...KKKK! Andar sozinha de ônibus era o "must"...quase me quebrei na escada rolante do metrô na inauguração, sozinha com o primeiro namorado...KKKKK!!!
Saudades, muitas!
Beijos!

soniaconslt disse...

Que vitória sair de onibus sozinha.
Sabe que não me lembro qdo sai sozinha?
Sou a menor com certeza demorou.
Bjos e um bom final de semana

Maria Célia disse...

Ei welze
Seus casos são sempre muito divertidos, e você sabe contar com tanta graça, que fico rindo sozinha na frente do computador.
Bjo

pretha disse...

Oi miga a infância é uma faze da vida que já mais devemos esquecer.
bom fin.
bjussss.

Bel Rech disse...

Hahaha...essa eu queria ver!!!Devia ser muito engraçado, tentando se concentrar com as pernas e achando que não iria cair na primeira curva...Esse "levantar" é o mesmo quando caímos de bicicleta e levantamos correndo olhando para todos os lados para ver se ninguém viu e sair correndo...e quando a gente via alguém caindo se contorcia de tanto rir...Paz e bem

Regina Fernandes disse...

Olá Welze, Q delícia relembrar a infância,né?
Cheirinho de terra molhada, pés descalços.
A sua história é muito gostosa de ler, sem tudo isso você não teria o que contar agora, ñ é mesmo?
Já estou te seguindo e será um prazer se vc quiser me seguir tbm ou mesmo fazer uma visitinha ao meu cantinho.
Bjinhos e bom fim de semana!
Sabor em Si

Mari Amorim disse...

desculpe-me pelo atraso,mas com essa fantástica coletiva e interação,com sua postagem tão contudente saio com meu aprendizado em dia!
Obrigada pelo carinho da visita
Boas energias,paz,saúde,sucesso!
Mari

AnaCristina disse...

rsrrs inventar mentirinhas pra ficar em casa brincando ou assistindo sessao da tarde!!! tambem estou na blogagem coletiva fases da vida....da uma passadinha la no meu blog tambem:
http://anacristinap.blogspot.com/2011/04/blogagem-coletiva-fases-da-vida.html
parabens e obrigada
anacristina

Luma Rosa disse...

Não é à toa o nome do blogue!! Conhecia a história da enxada, mas do ônibus é fresquinha para mim! Criança tem cada uma!! BEijus,

Lucinhashomeandgarden disse...

Realmente. Tempo bom, que não volta mais. Que pena.
Muita saudade de minha linda infância.
Desculpe a demora, mas são muitos blogs, e gosto de ler os textos, para refletir e comentar.
Abraço,

RUTE disse...

Oi Welze,
pelo visto toda a criança aprende rápido a fingir doença!
Houve uma altura que a ZZZzzzz aqui de casa, também pegou essa moda. A professora telefonava a dizer que a menina se queixava de dor-de-cabeça, dor-de-barriga e lá ia eu, ou a avó buscar a menina na escola...
Assim que ela entrava no carro...a dor passava! O ar de doentinha era logo logo substituido por um sorriso de orelha a orelha :)

Também amei a parte em que vc se mostra forte e experiente para os coleguinhas. Eu também era assim, não dava parte de fraca :)
Beijo transatlantico,
Rute

Zilda Santiago disse...

Sempre na tragédia!!!kkkkkkkkkk e sempre escapando de boa!!!Muito bom de ler!Parabéns!
GOSTARIA DE DIVULGAR AQUI A PROMOÇÃO DE ANIVERSÁRIO DO MEU BLOG,QUE FEZ DOIS ANOS DIA 15.AOS AMIGOS QUE VISITAREM A PARTIR DESTA DATA AO DIA 30/04 ESTAREI SORTEANDO UM LIVRO A ESCOLHA DO GANHADOR,DENTRO DA TEMÁTICA DO SEU BLOG OU NÃO E ENVIAREI PARA QUALQUER CIDADE NO BRASIL OU NÃO.LIVRO DE VERDADE!!!