13 outubro 2009

receita de família - grão de bico gostosura


Aqui em casa grão de bico é muito bem aceito. Mas sempre o faço com pouco caldo, quase como um guisado. Ontem com aquele friozinho, resolvi fazê-lo como sopa, mais caudaloso. Fiz assim: logo pela manhã, lavei o grão de bico e deixei de molho em água fervente. À parte, cortei costelinhas salgadas nos ossinhos, escaldei, e coloquei em vasilha com água, que troquei durante o dia, por várias vezes. Ao cair da tarde, levei o grão de bico para cozinhar com muita água, um fio de azeite e folhas de louro. Em outra panela, coloquei as costelinhas para cozinhar, mas desprezei a primeira água assim que começou a ferver. Depois de feito isso, coloquei na panela de pressão, cobri com água para finalizar o cozimento. Assim que o grão de bico estava cozido, juntei a ele, linguiça portuguesa defumada, azeitonas verdes picadas, cebolas em rodelas, orégano e cheiro verde. Coloquei essa panela em fogo fraco. Depois de cozidas as costelinhas, adicionei à panela com o grão de bico e os demais ingredientes. Deixei tudo tomar gosto em fogo bem fraquinho. Ficou uma delícia e na minha terrina preferida para sopas, estava um show.

3 comentários:

Rachel disse...

Welze, sempre faço grão de bico em casa. Putchero é um prato espanhol muito parecido com esse que você fez. Fica muito gostoso, eu adoro. Agora, deixa eu te contar uma coisa, sabia que não consegui achar grão de bico em uma cidadezinha do interior de Goiás (Itaguaru)? Pois é, quis fazer um Putchero para uns familiares que visitei nesse feriado, mas qual o quê, não achei grão de bico...rs!!! Foi uma pena! Bjuss!!!

Carmencita disse...

Eu imagino, pois estou salivando só em pensar nessa delícia, hoje está um dia propício.
Sabia que grão de bico é bom pra depressão, além de muitas outras propriedades.Com costelinha então, menina que vontade que deu!!Bjss

Nane Cabral disse...

Olá Welze, eu amo grão de bico!! bjos, Nane vovoqueensinou.blogspot.com