26 dezembro 2009

aconteceu comigo

Depois que o bonitão e eu demos uma garibada nas paredes da sala, banheiro e copa de nossa casa, pudemos enfim deixar que o consumismo, tão próprio dessa época, tomasse conta do nosso tempo. Como já sabíamos que o transito em direção ao centro da cidade estaria uma loucura, não pensamos duas vezes e fomos em direção contrária, o mais longe possível dele e de moto pra nossas comprinhas. Fomos ao Makro que fica quase que saindo de Sorocaba, sem transito e bem cedinho. Bem que tentei comprar os presentes que ainda faltavam por lá, mas um deles não achei. Então, o remédio foi ir mesmo ao centro da cidade, onde já sabia que encontraria o que queria. Isso ´já lá pelas dez da manhã. Estava calmo o transito de pessoas, nas lojas e nas calçadas. Já o de carros, estava um absurdo. Tão cedo e ninguém estava com calma para nada. Os motoristas, todos, sem excessão, pareciam que como dizia mamãe, que queriam tirar o pai da forca. Está faltando educação em muito lugar, mas no transito está demais da conta. Parecem uns cavalos. Uns buzinam para os outros, Os outros respondem com palavrões e gestos que aleluia, a coisa está feia. Foi-se o tempo em que quando um motorista buzinava para o da frente, esse falava."Passa por cima". Agora, parece que se estiverem armados, botam a arma pra funcionar. Mas a falta de educação não é privilégio de motoristas no transito não. Presenciei cenas de adultos com crianças, que diziam para conhecidos que iriam levar ou estavam com as crianças no comércio para que os pequenos se divertissem, mas esses adultos, só faltavam espancar as crianças, por qualquer motivo que a criança nem desse. Todos aflitos, cansados, sem paciência. É sem duvida uma época pouco aconselhável para se sair com crianças. Os restaurantes e lanchonetes, lotados, as ruas com o transito engarrafo, são perigo iminentes para qualquer um, mais ainda para os pequenos. Quando as crianças querem ver uma vitrina enfeitada ou um Papai Noel, são puxadas e levam broncas porque os adultos que os levaram para passear estão com pressa. Acho que o Papai Noel deveria ter trazido um presente especial para as pessoas, que é PACIÊNCIA. O problema é que esse, eu acho que ninguém ou poucos pediram.

Um comentário:

Eliana Pessoa disse...

WELSE QUERIDA,VC ABORDOU UM ASSUNTO MUITO BOM A FALTA DE PACIÊNCIA. FUI DIA DESSE NO SHOPING
FIQUEI POR ALI PRESTANDO ATENÇÃO NO POVO,FIQUEI CHOCADA COM TANTOS EMPURRÕES ,BELISCÕES...E SEI LÁ MAIS O QUE!SAB QUEM FAZIA ISSO? MÃES SEM PACIÊNCIA COM SEUS FILHINHOS!
CRÊDO FIQUEI PREOCUPADA!