09 março 2010

RESULTADOS




Bom, foi assim. Dia três de Março, postei aqui que comprei um produto da Perdigão e observei ao prepará-lo que ele havia sofrido degelo. Como se trata de produto congelado e que deve permanecer assim até o momento de sua preparação, liguei para o 0800 da marca citada e reclamei do Supermercado onde havia comprado. Pois bem, ontem o representante da marca aqui em Sorocaba ligou, agendando uma visita à minha casa, para ontem mesmo, à noite. Recebi o senhor Aloisio e conversamos muito sobre o ocorrido. Me foi informado, que minha reclamação não foi a única e que eles, da Perdigão, mantendo visitas sem prévio agendamento ao supermercado, infelizmente puderam comprovar minha queixa. O sr. Aloisio, me "presenteou" com duas caixetas do produto, apesar de dizer-lhe não achar justo, pois se alguém deveria me ressarcir, deveria ser o supermercado em questão e não a Perdigão, mas ele também me disse que essa era a norma da empresa. Me presenteou ainda com espátulas da Doriana, marca fabricada pela Perdigão. Uma belezinhas. Preenchi o formulário de visita, entreguei o produto que havia comprado e que estava sem condições de consumo e juntei, mesmo sem necessidade, segundo o sr. Aloisio, o comprovante da compra. Disso tudo tirei minhas conclusões. A Perdigão é uma marca séria, e não é à toa que está no mercado a tanto tempo. Faz de tudo para agradar sua clientela cativa e sempre traz novidades para aumentar o número de consumidores. Outra conclusão, o supermercado está mais que avisado que tem muita gente de olho em seu serviço. No seu modo de trabalhar. Como assegurei ao sr. Aloisio, se eu, numa dessas manhãs após minha caminhada, entrar nesse supermercado e me certificar que a pratica de desligar as geladeiras ainda está sendo uma constante nessa loja, além de reclamar ao gerente de perecíveis, telefonar para o 0800 do supermercado (atitudes que já tomei), acrescentarei dessa vez, uma reclamação a ANVISA. Penso que devemos tentar sempre resolver os problemas de uma maneira, prática, simples, rápida e envolvendo um número pequeno de pessoas, mas penso também que, se essa atitude não for respeitada, não devemos deixar de lado uma reclamação. Então o jeito é irmos para instâncias superiores, mesmo que essa não seja uma medida mais delicada ou simples. De qualquer maneira, sei que não estarei só, pois a Perdigão, espera que, se houver necessidade de outras medida, eu conte com ela. E contarei.

8 comentários:

Nane Cabral disse...

Olá Welze, muito bom saber que algumas empresas realmente se preocupam com o consumidor. Vc está de parabéns, tem que colocar a boca no trombone mesmo, senão práticas abusivas como essas se tornam normais. Bjos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

Tatiana disse...

Uma vez comprei um pacote de aveia da Nestlé e veio cheio de caruncho, mas a embalagem não tinha nenhum furinho. Ou seja, os bichinhos já estavam na aveia no momento de embalar.
Eles recolheram o produto e me mandaram um e-mail padronizado explicando sobre o controle de pragas.
Achei totalmente impessoal e fria a maneira como trataram uma cosumidora que teve um problema.
Conclusão, nunca mais comprei a aveia deles (embora seja uma empresa com excelentes produtos).
Consumidor tem poder! Precisamos entender isso!
Parabéns pela atitude!
Bjs

Danieli disse...

A mesma coisa que aconteceu com a Tati aconteceu comigo, só que foi uma barrinha de cereal da Nestlé. Também nunca mais comprei, porque tentaram me explicar que quem tinha colocado os ovinhos na barrinha era uma micro-traça (que veja bem, não faz um micro-ovo). Hoje são poucas as empresas que se procuram com a imagem da marca, muitas vezes porque o produto está sendo vendido por distribuidoras especializadas, que se preocupam muito mais com o lucro do que com a possibilidade de que aquele cliente nunca mais vai comprar nada deles.

Giovana disse...

Bom saber q existe empresas serias...

Fla disse...

Menina, você lembra de uma marca que se chama Pauli? Pois então, uma vez minha mãe reclamou de um requeijão e menina chegou uma cesta de produtos em casa...risos. Mas isso foi há muitos anos atrás.
Uma vez comprei um pacotinho de queijo da teixeira e veio com um cabelo dentro. Ficaram de ir buscar e nunca foram.
Absurdo né?
Bjs

Vicentina disse...

Olá querida, reclamar é preciso, quando necessário.
Isto sim é que é emçpresa séria, que se preocupa com seus consumidores.
Parabéns a Perdigão, por isto que gosto tanto de seus produtos.
Bjs

Tânia disse...

Adorei seu post, porque por eles e pelos comentários deixo de comprar alguns produtos que por acaso resolvesse colocar no carrinho.
Eu tive um problema com Capeletti de Queijo de uma marca chamada D. Thereza....os outros produtos deles eu havia experimentado e eram bons, mas o recheio de queijo deste capeletti era escuro, duro e parecia ração animal. A empresa não tem 0800. Gastei interurbano, me enrolaram e no fim perdi a paciência, não pelo valor, mas pelo descaso e já estava pronta a colocar no site reclameaqui.com quando depositaram o valor gasto na minha conta.
De uma coisa tenho certeza: Não compro mais produto algum deles, nem os "bonzinhos".
Beijinhos

angela disse...

realmente é um assunto complicado...os derivados de farinhas podem carunchar, e isto deve estar previsto pelo fabricantes, os gelados e super gelados apesar do fabricante não ser o responsavel pelo armazenamento no pós venda, se o consumidor reclama, tambem devem tomar providencias afinal a marca dele que está jogo, quanto higiene na manipulação apesar de todos os controles até a gigantes do ramo sofrem com isto. os consumidores tem que reclamar e devem ser atendidos sempre. um beijo.