12 junho 2010

O AMOR - FERNANDO PESSOA

O Amor (Fernando Pessoa) O amor, quando se revela, Não se sabe revelar. Sabe bem olhar p'ra ela, Mas não lhe sabe falar. Quem quer dizer o que sente Não sabe o que há de *dizer. Fala: parece que mente Cala: parece esquecer Ah, mas se ela adivinhasse, Se pudesse ouvir o olhar, E se um olhar lhe bastasse Pr'a saber que a estão a amar! Mas quem sente muito, cala; Quem quer dizer quanto sente Fica sem alma nem fala, Fica só, inteiramente! Mas se isto puder contar-lhe O que não lhe ouso contar, Já não terei que falar-lhe Porque lhe estou a falar...

7 comentários:

ELIANE TAVEIRA disse...

Belíssima poesia, Welze...

Amei,


Bjuss,

Eliane

receitaserecipestop.blogspot.com

Simplesmente Luísa disse...

Adoro Fernando pessoa
Bjssss

Eliana Pessoa disse...

FERNANDO PESSOA ADORO!

Silvia Masc disse...

Lindo, adoro Pessoa.
Querida, minha vida, está quase normal, quando então poderei visitá-la mais vezes.

beijinho

silvia

Silvia Masc disse...

Lindo, adoro Pessoa.
Querida, minha vida, está quase normal, quando então poderei visitá-la mais vezes.

beijinho

silvia

Marly disse...

Adoro Fernando Pessoa3!!

Beijinho e boa semana

Drika disse...

Eu amo esse poema. É um dos meus favoritos! Bjs!