10 setembro 2010

ORGULHO

A palavra ORGULHO, para mim, é meio estranha. Não gosto de gente orgulhosa, aquelas pessoas que olham os outros à sua volta, por cima, de nariz tão empinado que se chover entra água. É orgulhoso quem nem olha para você de frente, olho no olho, por achar que você não merece esse ato de humanidade. Não você. Essa pessoa que não lhe olha é muito superior. Não tem motivo nem tempo para trocar uma palavra com você. Nem responde a seu "Bom dia ", por achar e ter a certeza que o dia dela, será, mesmo que você não o deseje, um muito bom dia. Pessoa que vem de um berço humilde e que em algum momento, por algum motivo, esforço próprio ou não, melhora , cresce se estabelece num patamar, agora, acima do seu, num piscar de olhos se esquece do passado. Passa a ser orgulhoso. Esse tipo de orgulho é condenável, pelo menos para mim.
Mas tem o outro orgulho. O orgulho que tenho de minha família, de todos e de cada um. Dos pampeiros pelos quais passamos e por nossas vitórias. Pelas conquistas dos filhos que a cada dia nos enchem mais de satisfação. De passar por uma tempestade, entrar em meio aquele alvoroço, comer poeira, se sujar em confrontos, mas sair ileso, uma pessoa melhor, mais crente, mais forte, feliz, orgulhosa de ter conseguido tudo isso sem nem mesmo uma palavra mal falada. Sem precisar se juntar aos errados, para estar certo. Sem caluniar para esclarecer fatos, sem bater para se defender, sem tirar sono de ninguém para poder dormir em paz. Tenho orgulho da minha família sim. Mas também tenho orgulho de mim. Se tenho uma família assim é por que alguma coisa fiz de certo. Em algum momento acertei. E isso dá um baita orgulho, na melhor maneira de interpretar essa palavra.

15 comentários:

Leci Irene disse...

A-D-O-R-E-I o teu orgulho!!!!!!!

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Welze
Gostei muito da sua abordagem positiva sobre o ORGULHO.
Avante! Afinal não somos só derrota,não é?
Parabéns por sentir o valor de ter sido uma boa mãe.
Um grande abraço fraterno de paz.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

MUITO BEM WELSE VC DISSE TUDO, VC ENSINOU AO SEUS COMO PROCEDER POR ISSO É TÃO FELIZ!

Marliborges disse...

Realmente Welze é mesmo motivo de orgulho a gente não "... tirar sono de ninguém para poder dormir em paz." Esse orgulho não tem preço. Parabéns amiga, sua postagem está perfeita, aliás, como sempre. Bjssssss

Glorinha L de Lion disse...

E eu minha amiga, só posso te dizer: tenho orgulho de ter te conhecido e um orgulho imenso de ser tua amiga! Beijos amada!

Isadora disse...

Welze, certeiro o seu post. Gostei muito, e, principalmente, por consguir alcançar e conquistar sem guerra, sem calúnia, sem bater e sem tirar o sono de ninguém. Se todos almejassem conquistar assim, com certeza esse mundo seria muito mais leve, colorido e feliz. Pena que com o objetivo de alcançar o intento desejado, muitos lançam mão de suas piores armas, mas enfim cada um prestará suas contas e nós prestaremos as nossas. Que façamos o nosso melhor sempre e sempre sem prejudicar ninguém.
Um beijo

disse...

Oh menina porreta!
Falou e disse!
Adorei mesmo.
Um fim de semana maravilhoso.
Ah! tb tenho muito orgulhoso de ser sua amiga.
Bjs. Regina

Deia disse...

Oi Welze! Gostei das duas metades da laranja - a boa e a azeda! Erramos sim, mas aprendemos com nossos erros e o deixamos para trás - e isso também é motivo para nos orgulharmos! Temos muito o que aprender, e a humildade de saber isso é o paradoxo do orgulho. Que bom que é assim! Um beijo, Deia

Beta disse...

Olá Welze! Vc disse tudo, está certissíma! Um ótimo fim de semana para vc! bjs

Renata disse...

Uai,era justamente sobre isso que eu conversava com uma amiga hoje à tarde...se os filhos se transformaram em gente boa, foi porque a gente ficou alí ó...acompanhando de pertinho...

Hoje eu fico muito feliz, tranquila, de poder ter orgulho da família que eu criei!

Tudo de bom minha amiga,
Abraço e ótimo fim de semana!

Marly disse...

Vou resumir: Você isse tudo! rsrs.

Um beijo e bom fim de semana!

Gina disse...

Welse,
Orgulho e consciência tranquila caminham juntas!
Bom final de semana.

Socorro Melo disse...

Oi, Welze!

Gosto da forma como escreve.Bem humorada, mas, com toda seriedade que o assunto requer.
Você descreveu de forma espetacular as atitudes dos orgulhosos, daqueles, que se chover, a água lhes enche as narinas... E olha, né por nada não, mas, tenho convivido com uns que cabem direitinho nesses conceitos, infelizmente. Sabe que me sinto mal? Mas, fazer o que? o espaço cabe todo mundo, né? kkkkkkk

Beijos, amiga.
Socorro Melo

Nilce disse...

Oi, Welse

Desculpe a demora em chegar por aqui.
É exatamente isso que eu penso, menina. Também detesto orgulhosos, mas tenho muito orgulho dos meus e de tudo o que conquistei, sem arrogancias.

Adorei o seu texto.

Bjs no coração!

Nilce

Noiva em Fúria disse...

E vc é o nosso orgulho....