17 novembro 2010

QUANDO O MOTORISTA VIRA PASSAGEIRO

Como postei ontem, sexta-feira decidimos passear em Arandú. Pois bem. Decidida e viagem, resolvi ir com o Blueberry e eu mesma dirigindo. Maravilha, disse o bonitão, vou do lado, na boa, apreciando a paisagem. Tudo bem até que ele começou a implicar com a velocidade que estava usando. - Mais devagar, dizia ele. E eu lá, na boa. -Mais devagar, por que ir tão depressa? Eu na minha. - Reduza. Não estamos com pressa. -Ai caramba! Quero sentir o carro, disse eu. Preciso ver se ele está bom, se não está grilando, se responde bem. Vai que preciso de velocidade para uma ultrapassagem. Preciso saber se ele está no ponto. -Porque ultrapassar? Deixe que passem e você vai aqui na direita, na boa. -Nem pensar em ficar atrás de caminhão. Não enxergo lá na frente. Vou passando todos, com cuidado, mas vou. -Mais devagar. Assim gasta muito combustível. E eu pisando realmente um pouquinho demais, mas queria conhecer o Blueberry. Eu dirigindo e o bonitão implicando. A cada pedágio e tem uma porção, ele falava, vai nessa ou naquela cabine e eu ia na que seguia em linha reta, depois de passado o pedágio. Tudo era motivo para ele reclamar, mas ato contínuo, enchia minha bola. -Nossa, você dirige realmente bem pra caramba. Mas logo vinha mais um conselho. -Cuidado com o caminhão! -Deixe ele, eu cá e ele lá, eu respondia. E estrada a fora, ia indo na boa. Até que num ponto onde a estrada estreitava, uma carreta deu seta e veio para cima de mim, o bonitão gritou. -Cuidado, ele vem pra cima de você. -Calma, tô vendo. Acelerei bastante e passei o caminhão. Ele -Você tá louca! Como passar uma carreta assim? Eu. -Calma. Tá tudo bem. Ele olhando pra frente. -Breca, breca. -Vou brecar, calma. -Mas breca já! -Porque? Tá longe. -Não deixe pra brecar em cima, pisa no breque! O bonitão, disse isso afundando o pé no assoalho como se isso ajudasse a parar o carro. Eu calmamente, pisei no freio e falei, -Pronto, parei. Sem pressa, sem tranco, na boa. Calma, você está muito nervoso. -É você quem está muito tranquila. Não pode confiar tanto assim no carro. Credo, que sufoco. Viajar com motorista bom, que já foi inclusive considerado pela revista Quatro Rodas, o décimo segundo melhor motorista do Brasil, que sempre está dirigindo, acostumado com carro novo, e eu com meu Blueberry velhinho, é só aflição. Demorou pra ele se aquietar e me deixar dirigir sozinha. Ô tensão. Motorista quando vira passageiro, é uma amolação. Da próxima vez, ou ele dirige, o que acho muito difícil, ou paro e mando ele descer ou parar de tagarelar. Mas foi uma delícia, apesar de tudo e por tudo.

Na foto, já na Toca do Esquilo, com o coração em ritmo normal, meu bonitão ao lado do Blueberry

17 comentários:

Vicentina disse...

kkkkkk, sabe que não gosto de dirigir perto do meu marido?
ele fica assim como o seu rsrs.
E isto é péssimo...
Mas que bom que tbm fizeram um bom passeio, nos aqui tbm, graças a Deus, com tantos acidentes pelas estradas temos que agradecer a Deus por chegar bem em casa.
Bjs

Nilce disse...

kkkkkkkkkkk
Só você mesma, Welze. Mas homem é chato quando vai de passageiro mesmo. O meu até que não é tanto, eu é que sou mais. rsrs
Adorei o Blueberry.

Bjs no coração!

Nilce

Néia (Dulci) disse...

Querida Welze o problema é que os homens tem uma memória de elefante, quando criaram aquela frase "mulher no volante, perigo constante", eles nunca mais esqueceram! outras coisinhas mais simples nem se lembram, como o aniversário de casamento, por exemplo!
Beijos

Blog da Chris disse...

Comigo é o contrário amiga!!!
Já dirijo há muitos anos, adoro dirigir e tb acho que dirijo juito bem, inclusive em estradas. Já fiz Curitiba a Porto Alegre sem escalas... Só que quando saio com o marido dirigindo eu é que fico atormentando o pobre. Sempre dá briga. Quando saímos prefiro sair com o meu, comigo dirigindo, claro... rsrsrsr Porque ele não me atormenta, já eu... rsrsrssrsr Chego a pisar no chão do carro, como seu marido fez...

bjs

Leci Irene disse...

kkkkkkkkkkkkkk! Welze, adoreeiiiiiii! Deve ter sido uma viaghem histórica!!!!!!!!!!!!!

Aline disse...

Meu santinho!! Haja paciência hem?? rsrrss.... Passo as vezes por coisas assim, mas confesso que não consigo ter tanta paciência como você!! Fico doida!! Até o começo do ano só viajávamos de moto.. até que a necessidade veio e compramos um carro.. porém só eu tirei carteira, daí sempre que viajamos eu que vou dirigindo. Ele até não fala muito, mas se deixar abusa...rsrss
Beijoksss

VOVÓ CRISTINA disse...

kkkkk...paciência...paciência...paciência, né Welse? esse é o segredo!

VOVÓ CRISTINA disse...

kkkkk...paciência...paciência...paciência, né Welse? esse é o segredo!

Ana Maria Braga disse...

kakaka... eu tb sou estressada quando estou no carona. Não gosto de carreiras, de velocidade demais.
Vim aqui retribuir a sua visita ao meu trelele. Obrigada.
Aproveito para te deixar votos de um ótimo dia. Bjs

angela disse...

adorei ler esta postagem...bj enorme!

maria/andrea disse...

Oi Welze!!
Eu vi no dia que vc postou a foto do Blueberry e achei o máximo. Adorei a cor, mas confesso que nunca consegui dirigir fusca, e olha que tentei por 3 vezes!
Sou baixinha e não enxergo nada, não tenho noção de espaço, um horror!
Com medo de causar algum acidente, desisti.

Dirijo bem qualquer outro carro, mas meu marido também me aborrece quando está ao lado.
Ele fica como o seu: brecando com os pés, rsrsrsrs. Eu me divirto.
Mas quando é ele no volante, não deixo por menos: vou aporrinhando do início ao fim.
Beijos!!!!

Naty e Carlos disse...

O verdadeiro amor não se conhece por aquilo que exige, mas por aquilo que oferece.
Bjs com carinho

Bombom disse...

Oi,Welze, cheguei à conclusão que os homens são todos iguais, excluindo alguma (rara) excepção,he he!
Cá em casa é tal e qual! Eu não sou muito de reclamar e ele até conduz muito bem e me dá segurança. Mas quando vou eu a conduzir, é um inferno. De tal maneira que ultimamente só conduzo se for sozinha. E nas viagens grandes é ele que leva o carro!Bjs. Bombom

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

WELSE POR FAVOR Ñ FAÇA MEDO NO SEU BONITÃO!!!
É AÍ BLUEBERRY SE COMPORTOU BEM NA ESTRADA???????
TENHA CALMA COM BONITÃO TODOS OS MARIDOS SÃO IGUAIS QUANDO SENTAM NO BANCO DO PASSAGEIRO!
BEIJO

Marly disse...

Welze,

Eu que ensinei o meu marido a dirigir, mas mesmo assim ele me enche o saco quando estou no volante! rsrs.

Um beijo.

Socorro Melo disse...

KKKKKKKKKKKKKKKK

ADOREI, WELZE! QUE AVENTURA, HEIN?

VOCÊ É D+

Beijos :)

Socorro Melo

Beta disse...

Ai Welze que história engraçada! Eu demorei um tempão para dirigir, tinha um medo que me paralisava, hoje vou bem mas odeio dirigir com com marido do lado! bjs