08 fevereiro 2011

O PORQUE DAS FORMIGAS

As vezes me pergunto, porque será que existem formigas, pernilongos, baratas, pulgas, carrapatos e outras coisinhas pequeninas, mal amadas, chatas e entronas. É claro que imagino que deva haver uma razão para a sua existência. Mas realmente não sei qual, nunca me aprofundei no assunto, não procurei em estudos e assim como vem a pergunta, a resposta se faz desnecessária. Na mesma velocidade. Mas de uma coisa tenho certeza, as formigas que coabitam minha casa, estão lá numa missão. ME TIRAR DO SÉRIO. ESTRAGAR MEU BOM HUMOR. ACABAR COM MINHA FESTA. Mas para azar delas, apesar de serem em número maior, pois estou só contra elas, em tamanho, dou de milhões à zero nelas. Em paciência, ninguém ganha de mim, em persistência idem e meu bom humor é à prova de formigas e não se abate. Mas que elas tentam, ah isso tentam mesmo. Para meu aniversário, fiz de véspera um bolo que para minha família é dos deuses. O tradicional BOLO DE FÉCULA DE BATATAS. Aquela receita antiga que leva nove ovos, uma caixinha de fécula e a mesma medida de açúcar. Feito o bolo, embalei em papel alumínio e levei para meu quarto onde com certeza as minúsculas atrevidas não fazem verão. Não faziam, isso sim. Pois bem, no sábado, ultimado os preparativos, tudo nos trinques, lá pelas três da tarde, me dei o direito de dar uma deitadinha na cama, pois a festa prometia se estender até altas horas. Peguei o bolo que estava embalado em cima da cama e ao colocar na cômoda, percebi que duas formigas saiam da baixo da bandeja. Estremeci. Gelei. Não acreditei. Nem queria ver, mas tive que abrir a embalagem do bolo e pude constatar que de lá saiam mais algumas formigas. ELAS TINHAM DESCOBERTO MEU ESCONDERIJO. Caracas. E agora? Passavam das três horas da tarde e fui para a cozinha bater um pão de ló. Ficou divino, todos gostaram, sem problemas. Tudo certo. Mas cá pra nós, eita bichinhos mais tranqueiras essas formiguinhas não? Estão por toda parte à todo momento. Sou do tempo que formiga só avançava em doces, mas essas, acho que estão de regime, dieta ou são diabéticas pois estão devorando qualquer coisa. Mas elas logo perceberam que, não estragaram a festa, não diminuíram minha alegria e nem mudaram meu alto astral e bom humor. Mas que elas tentaram, ah isso tentaram mesmo.

15 comentários:

JOANA CAMPOS disse...

KKKKK essa historia foi ótima... Não deixe mesmo amiga, acabarem com sua festa, quizera estar aí em sua festa....ui? , miconvida/

Já eu ODEIO mosquitos, pra que eles servem ao planeta mesmo heim? aff

Beijjos


Ah hj postei umas frutas que fiz, deixo o link e conto com seu comentário.

http://www.joanacampos.com/2011/02/uvas-fofurices.html

tiesperooooo!

Artes da Cris disse...

É isso mesmo...Agradeço pelo elogio.
Abraço,
Ana.

Andréa disse...

Formigas são um tédio.
Acabei com todas , aqui em casa não tem nenhuma vai aí o nome do veneno pra você acabar com elas amiga,o nome é FORMICASA, mata baratas e formigas, minha mãe mora em Ribeirão Preto-SP, sempre manda para mim eu não fico sem esse veneninho, mata tudo não fica nada. é só colocar um pouquinho do pó perto delas principalmente onde elas gostam de ficar mata tudinho. Aqui em casa não te nehum inseto graças a Deus e a esse veneninho.

bjs,
Andréa..

disse...

Oi Welze,
Aqui em casa, tem formiguinhas minúsculas até no banheiro.
Vou comprar o veneno que a Andrea, coment. acima usa.
Só tenho que cuidar do Skol, meu cachorrinho.Bjs e uma boa noite

disse...

Oi Welze,
Aqui em casa, tem formiguinhas minúsculas até no banheiro.
Vou comprar o veneno que a Andrea, coment. acima usa.
Só tenho que cuidar do Skol, meu cachorrinho.Bjs e uma boa noite

Néia Lambert disse...

Imagina se umas criaturinhas tão insignificantes iriam tirar o humor da minha amiga Welze! mas que as danadinhas são chatas e impertinentes, isso são mesmo!
Beijos

Marly disse...

Oi, Wel,

Primeiro vou acabar de rir da estória, kkkk. As formigas e outros bichinhos têm, cada um, o seu papel no ecosistema, rsrs. Mas que elas e outros bichos são irritantes (ou repugnantes!) ah, isso são! Quando elas começam a ficar numerosas demais por aqui, o meu 'hubby' dá cabo delas aplicando umas gotinhas de Formitol nos locais em que elas passam. Este veneninho é bem eficaz. Um quebra galho, para evitar que elas ataquem um alimento qualquer, é colocar o alimento dentro de uma bacia ou tigela com água, assim como se o prato com o alimento fosse uma ilha, entendeu?

Um beijo

Drika disse...

Welze, feliz aniversário atrasado! heheh Muitas felicidades para você!! Um abraço!

Maria Célia disse...

Oi Welze
Você é muito divertida, esta história das formigas está hilária.
Você poderia ter colocado o bolo na geladeira, assim te pouparia o trabalho de ter que fazer outro.
Bjos

Josy disse...

Olá Welze
Já faz um tempinho que venho ao seu cantinho paquerar suas receitas deliciosas, e o episódio das formigas foi muito engraçado, voce nos conta como se estivesse sentada ao nosso lado. Conheço 1 remédio ótimo, se precisar me peça socorro. Mas adoro seu blog, parabéns viu? Ah e parabéns pelo aniversário, muita saúde, paz e harmonia.. Bjos... Josy

SUELY PERES disse...

Minha amiga, cheguei atrasada para a festa, não tive tempo de entrar na internet esses dias, muito trabalho, mais espero que voce receba com carinho os meus votos de muitas felicidades e que vc continue essa pessoa maravilhosa e divertida que é.
mil beijos para voce é pouco, pode crê.

beijinhos

VOVÓ CRISTINA disse...

Mais uma atrasada para sua festa.
Perdão querida, mas olha, desejo tudo de bom pra você neste ano que se inicia, muita paz, amor e felicidade.
Quanto às formiguinhas, realmente isso dá pra tirar qualquer um do sério, que bom que elas não estragaram sua festa.
Beijos.

Lourdes Sabioni disse...

Amiga, dizia minha linda avó : _Formigas, baratas, pulgas, piolhos e carrapatos, só com reza brava se resolve porque é praga, tem gente botando mal olhado e só a reza dá certo...
Não desacredito dela não, quem sabe uma oração e um sal grosso nos cantos da casa resolve o problema?
Bjos

Yara disse...

Haha, se não existissem formigas, os tamanduás morreriam de fome :o)

Lá em casa eu usei um veneninho chamado Strike, vende no supermercado e custa uns 10 reais: ele vem em uma seringa, parece um melzinho, é só aplicar perto do caminho onde as formigas andam e esperar: elas pegam o veneno, levam pro ninho e em uns 3 dias somem todas. Depois de uns meses elas reaparecem, aí é só aplicar de novo, o veneninho rende bem.

Vicentina disse...

kkkkkkk gostei da história das formigas, elas não são bobas, gostam de coisa boa.
Aqui em casa tem muitas de todas as raças tbm, meu marido vive matando mas parece que elas dão cria toda hora rsrs.
Bjs