04 julho 2011

MARIA não tão MOLE

Desse causo, quem se lembrou foi minha Pê. Contou ela, que como todos nós em casa, gostávamos muito do doce MARIA MOLE, mamãe achou por bem, pedir o modo de fazê-lo, para uma sua amiga e vizinha. Fomos à casa dela para buscar a dita receita que seu filho havia copiado. Ingredientes comprados, mamãe arregaçou mangas e pôs-se a fazer o tal doce. Naquele tempo, Maria Mole era feita com folhas de gelatina que mais pareciam plásticos finos e duros que se tornavam molinhas com a adição de água fervente. Ainda existem, mas acho que ninguém mais as usa para esse doce. Pois bem, depois das folhas de gelatina dissolvidas e acrescidas de açúcar, mamãe começou a bater os ingredientes na batedeira. Meio que estranho o efeito. Surgiu uma gosma, uma bola meio que gelatinosa, porém nada macia, um tanto monstruosa, como se fosse um ser vivo. E a COISA, crescia à olhos vistos mas nada de parecer com o doce MARIA MOLE. Mamãe bem que tentou, batendo mais e mais, solucionar o problema, mas a COISA crescia e nada de dar ponte do doce. Desistindo da empreitada, mamãe achou por bem jogar fora o resultado desastroso e o fez no nosso galinheiro que era chão de terra batida. O espetáculo que se seguiu, foi incrível. Mesmo depois de muita chuva, a COISA, continuava firme e forte no chão. Resistiu até às bicadas das galinhas, galos patos e nem o bravo peru que tínhamos entre as aves, conseguiu engolir uma só parte da COISA. O que conseguia era puxar e esticar a COISA, que voltava à sua forma original assim que ele abria o bico. Depois de muita conversa o mistério foi desfeito. Ao copiar a receita, o filho da vizinha, havia colocado como quantidade das folhas de gelatina, o número 20 no lugar de 2 que seria o correto. Depois disso esclarecido, sempre saboreávamos MARIA MOLE feita pela mamãe, mas de modo correto. Boa lembrança.

17 comentários:

Dri Dauzacker disse...

Oi Welze, adorei o causo, coisa à toa o "errinho" de 2 por 20...rss
Meu pai era doido com maria mole, sempre tinha em casa por conta dele, tem tanto tempo que não como... fiquei saudosa...
Boa semana!
Bjim

Sílvia Gianni disse...

Oi Welze, muito legal a história da "coisa". Realmente a diferença entre maravilha e caus está na dose.
Melhor que tudo é ver você aqui contando os causos.
Desejamos que sua saúde vá melhorando a cada dia. Beijos das meninas.
PS: EU AMO MARIA MOLE!

Néia Lambert disse...

Para vc ver Welze como até o zero faz diferença, nesse caso na frente do número 2 ele tomou grandes proporções, rsrs.
Divertida história!

Desejo que você esteja bem, minha querida!

Beijos

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

eu sou doida com maria mole onde vejo tenho que comer nem que seja um pedacinho!!!
adorei o causo kkkkkkkkkk
beijo

Lúcia Soares disse...

Welze, ainda bem que foi apenas uma receita inocente. Imagina as proporções desse zero a mais em tantas outrs coisas, né? rsrrs
Boa semana, cheia de boas lembranças!

Josy disse...

Ai Welze boa lembrança teve sua Pê kkkk imagino a carinhas das galinhas, galos e perus tentando beliscar a coisa, sem sucesso tadinhos. Adorei Welze, ja estava sentindo falta dos seus causos.
Que vc esteja bem querida, e com força total nos finalmente...bjokas excelente semana

Marcia Accioly disse...

Oi queridaaaa,
Adorei esta história e dei uma boa risada!Valeuuuuuuuuuuuu, Bjs

Cucla disse...

HUm...adoro muitos zeros.....

Beth/Lilás disse...

kkkk
Ri aqui sozinha lendo este causo!
um super abraço carioca, amigona

Beth/Lilás disse...

kkkk
Ri aqui sozinha lendo este causo!
um super abraço carioca, amigona

Beta disse...

Oi Welze! Tudo bem? Espero que sim!
Adorei o causo, maria mole é muito bom!
bjs e boa semana

Iraluiza disse...

Welze e suas histórias sempre bem humoradas...
continuo torcendo mt por vc... Bjs..
http://quandonaoestudocozinho.blogspot.com/

Maria Cândida disse...

Olá Welze!!!
Te acompanho há muito tempo e sei o que vc passou. Fiquei ultra feliz qdo li que vc está de alta. DEUS SEJA LOUVADO. Tenho certeza que sua nova recuperação será 1000.
Bjo carinhoso.

Maria Cândida
oprazerpeloartesanato.blogspot.com

Nane Cabral disse...

Olá Welze querida, adorei o post, de vez em qdo esses errinhos fazem parte. Saudades de vc, desculpe a ausência mas ando numa correria, cuidando da vovó, fazendo uns exames, trabalhando... sabe como é né? Essa semana terá sorteio por lá, participe! Beijinhos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

Érica R. Baldon Pinto disse...

Welze, como sempre suas histórias são ótimas.
Fique com Deus.
bjs

Yara disse...

Hahaha, que bom que vc voltou e com causos novos!

Eu faço maria mole daquelas de pacotinho mesmo, o segredo é bater o dobro do tempo que manda na caixinha: ela fica muito levinha, parecendo nuvem. Nem parece de caixinha, hehehe.

Bjs procê!

Glorinha L de Lion disse...

kkkkkkkkkkk Queridona, acho que sua mãe inventou a fórmula do chiclete sem saber! podiam ter ganhado um dinheirão hein? hehehe beijão,