12 janeiro 2010

atualidades

LISTA DE MATERIAL ESCOLAR

Todo mês de Janeiro, a coisa se repete. É uma hecatombe entre os pais, é um corre corre danado até as papelarias e livrarias com as tais listas de materiais escolares na mão. Alguns pais, tentam fazer pesquisa de preços por telefone ou pela internet, mas nem sempre são bem sucedidos. Então, o remédio é andar em um fornecedor a outro, gastando tempo, combustível, paciência, saúde e mais outras coisas, que as vezes não tem. Todo começo de ano é a mesma coisa. Alguns anos atrás, vendo o sururu causado pelas listas de materiais de algumas crianças da família, estranhei o alvoroço e pedi para ver a temida lista. Nossa Senhora! Quase caí sentada. O que era aquilo? Como era possível uma criança no Ciclo Básico, gastar tamanha quantidade de material escolar, em um único ano? Não acreditei no que vi e também achei que era um abuso aquela lista. Já tive duas crianças em escolas e nunca tinha passado por aquela situação que beirava o desrespeito. Já tive, também, escola de recreação infantil e a garotada gastava, usava e precisava de muito material, mas a lista que eu fornecia aos pais, por semestre, estava á anos luz de distância daquela que estava na minha mão. A quantidade de cadernos, folhas de sulfite, papéis diversos, como cartolina, cartão, estencil e sei lá mais o que, era abusiva mesmo. De lá para cá, a coisa não tomou diferente rumo. Com o agravante que além de quantidade absurda, tem o apelo comercial para os novos produtos lançados nessa época, pelos quais a garotada fica simplesmente apaixonada. Os pais, então, de cabelos em pé, os que tem ainda cabelos porque, todo ano acontecendo isso e a criançada não querendo aproveitar nada do ano anterior, não é brincadeira não. Comentei isso com meu filho ontem, na hora do almoço, quando o assunto foi trazido na televisão por um noticiário e falei que o remédio para quem quer contentar os filhos e não tem muito recurso, é solicitar às escolas a tal lista de material antes do Natal e fazer da mesma, o presente de Natal para os filhos, assim o recurso direcionado para os materiais escolares e o presente de Natal, fica sendo um só e a meninada pode "ganhar" o material que quer, da marca que quer, sem levar os pais à falência.

8 comentários:

Lourdes Sabioni disse...

Oi amiga, Feliz Ano Novo pra vc também! Obrigada pelas visitinhas e desculpe pelo sumiço!
Bjs

Mi disse...

Olá Welze, como vai?
Você disse que eliminou pouquinho peso e olha que ainda foi muito melhor do que eu. Você deixou para trás 800g e eu somente 400g - o dobro que eu. O pior é que estava indo tão bem, agora cheguei em casa com uma fome de leão - que dureza, preciso me controlar.
Es eu blog é uma tentação, cada receita de dar água na boca.

Tenha uma ótima quarta-feira.

Bjs

Marly disse...

Welze,
Desde que minhas filhas entraram na escola (e a primeira foi para o maternal com dois anos e meio), eu me questiono sobre as razões da lista de material escolar dessa geração ser tão extensa. Realmente é um negócio que sempre me pareceu incompreensível. Por outro lado, acho que a qualidade do ensino caiu. Às vezes eu me pergunto se isso não se deveria ao fato de os alunos terem a atenção desviada demais do que interessa, por terem de dar um emprego à 'coisaiada' toda que é pedida na lista!
Beijinho.

Paula Pacheco disse...

Welse, tudo bem?
Olha, a lista dos meus pimpolhos é exorbitante, ja sei os lugares baratos de Ctba, estou de olho nas promoções, e tem infinitas opções de materiais.Compro os cadernos sempre intermediarios, e sem contar os tres oramentos já feitos, eu costumo também reutilizar os lapis de cores, pois estão quase inteiros ainda.
Mas uma coisa é certa e que sempre comentamos e contestamos nas reuniões, para que pincel, lapis de cor aquarelavel (voltaram inteiros este final de ano)e caderno de desenho grande? Este vou usar pelo terceiro ano, pois arranco as folhas já usadas e vai de volta, e os papeis sulfite? Ninguem merece ná amiga, de graça para a escola, imagine o quanto eles não ganham...olha o quanto escrevi amiga, vc deve estar cansada já kkkkk
bjão ótimo dia
Paula

Leci Irene disse...

Ufa! Ainda bem que as escolas municipais não emitem listinhas assim! E pior: ainda bem que agora só os netos! - quando chegarem...

Amehlia Digital ! ® disse...

Olha...nem me fale em lista...a da minha filha é enorme :/
Não sei o q houve com o ensino, q piorou um cadin, mas os materiais só aumentam...
Mas devia ter me dado essa idéia antes...com certeza ela tinha ganhado, lápis, caderno, borracha...rs
Wel...um bejim, tá?!

Renata disse...

Minha amiga, nem me fala nesse assunto! Com dois filhos no ensino médio, quando fui ver os preços dos livros quase caí pra trás...que horror, aonde a gente vai parar?

Glorinha Leão disse...

Menina, minha empregada me mostrou a lista de material da filha...coisa de louco...e é escola municipal...papel, não sei quantas resmas...pra que tanto? Deve ser pros filhos dos funcionários da escola, só pode...pouca vergonha, issso sim é que é...
Tb extou numa tristeza só...pecado, tanta gente ruim no mundo e um anjo feito ela ir embora ainda com tanta coisa por fazer...triste demais.
Beijos.