01 fevereiro 2010

carnaval

ADORO Fevereiro. Como gosto desse mês, nossa mãe! Gosto por inúmeras razões. Por ser do meu aniversário, aniversário de muitas pessoas queridas, por ser de calor mas não com tanta chuva, pelo menos espero e porque é o mês do CARNAVAL. Iiiiiuuuuppppiiii. Está chegando a grande festa. Sempre gostei de Carnaval mas quando fui para Salvador-BA, lá conheci o Carnaval de rua. Que que é aquilo minha gente? Um modo diferente de brincar o Carnaval, que até então eu não conhecia. Para mim, Carnaval era pular , dançar, fazer folia dentro de salões de clubes e na rua, olhar os carros que passavam em corso, jogando confetes e fazendo buzinaço. Já achava lindo demais da conta. Mas foi em Salvador que conheci o verdadeiro Carnaval de rua. Ir à clubes é totalmente dispensável. As ruas se tornam o coração da grande festa. Cada trio elétrico que passa a gente vai atrás, dançando, pulando, cantando. Lá em Salvador, morei na Avenida Sete de Setembro, que era o caminho dos trios elétricos para a concentração da folia na Praça Castro Alves. Eu descia e subia a avenida de casa, um sem número de vezes, sempre dançando e cantando, sem me aperceber do tanto que estava andando. Não havia cansaço. Naquele tempo, nos idos dos anos setenta, não havia a obrigatoriedade dos Abadás, pulava-se onde queria com quem queria, em qualquer trio elétrico. Só um ingrediente era indispensável. Energia. E esse eu sempre tive de sobra. O tempo mudou muita coisa, mas meu gosto por Carnaval, não. Aqui em Sorocaba, temos alguns blocos que se deslocam de um bairro para outro, sempre com muita animação. Estou sempre na cola deles. E arrasto comigo muita gente, que modéstia à parte, contagiada pela minha animação, acaba entrando na folia. Minha sobrinha Gisele já está com os itinerários e agenda dos blocos para esse ano. É com a gente mesmo. Espero que meus amiguinhos LEFT e RIGHT me dêem uma folga nesses dias, se não, vou com eles mesmo.

4 comentários:

Cláudia M. disse...

Welze, o Carnaval é mesmo a cara da alegria do povo brasileiro, não é mesmo?
Eu fiquei aqui imaginando você (apesar de não a conhecer) subindo e descendo as ruas, pulando e dançando. Eu dificilmente faria isso... sempre fui pé de chumbo, e se há festa a que nunca liguei muito foi ao Carnaval...
aqui em Portugal não há muita tradição dessa festa, e nos últimos anos há é muitas (tentativas de) imitações do carnaval brasileiro. Só que corre quase sempre mal, porque aqui sempre faz frio e chuva nessa altura, então as meninas em "trajes menores" ficam enregeladas... :):)
Aproveite bem!

bjs

Glorinha Leão disse...

É a sua cara isso amiga! Nem Left e Right seguram sua onda!
Eu tb já fui assim...esse ano estava até animada pra ir em dos muiiiiitos blocos do Rio, mas acho que minha filha, que era com quem eu iria, já que marido nem pensar, pq ele detesta, vai viajar.
E minha lombar tá que tá...a hérnia tá aqui gritando...nem posso ficar muito tempo sentada no computador.
Olha, escrevi sobre vc lá no blog...entre minhas muitas amigas que me dão força, vc é das mais especiais, vc sabe ,né?
Beijão querida!

Vice disse...

Welze, tbm adorooo carnaval, pena que o maridão não é tão animado como antes rsrs, mas eu se pudesse não perdia.
Bjs

Anônimo disse...

tanananamammmm...tanananammmm
Tia,não vejo a hora de chegar sexta feira de carnaval....se a senhora quiser e se o left e o right deixar, na sexta podemos começar, vamos em todos os trios, de todos os dias...e viva sexta feira....ADDDDDDOOOOOOOOORROOOOOOOOO
Bjo..Gisele