14 outubro 2010

COMUNICAÇÃO

Ontem falei sobre os atendimentos ao telefone, a nova moda de comunicação, a nova gíria, ou a falta de bom senso mesmo. Sei lá. Acho que falar, conversar, trocar ideias, ainda é o melhor modo de se conhecer pessoas. Então, saber falar e principalmente escutar, é uma boa maneira de se conservar amigos e arrebanhar novos. Tenho 56 anos, mas não me considero antiquada ou desatualizada. Convivo facilmente com pessoas bem mais jovens que eu e nos damos muito bem. Sou antenada em assuntos diversos, como filmes, livros, lugares, carros, motos(Ô PAIXÃO), política(não dá para esquecer), enfim, tento estar sempre ao lado dos assuntos atuais para não me tornar um peso, uma mala sem alça, para quem se achegar a mim. Mas não concordo com a maneira pouco elucidativa com que alguns jovens conversam. Entre eles ou com qualquer pessoa que deles se aproxime. É preciso estar com tradutor do lado para engatar uma conversa. Tem jovens que morrem de preguiça, é isso mesmo, preguiça de falar. Então falam palavras pela metade, se comunicam com monossílabos, que para eles fazem tanto efeito, que com um só proferido, eles se matam de rir, ou se assustam, ou não acreditam. A gente, ali do lado, boiando na boa. Tudo bem, se não estão tratando de assuntos que requerem um certo grau de cultura, vai na boa. Mas as vezes a ocasião requer mais tato e aí a coisa estraga. Não dá certo. Assim como disse que a comunicação é importante, digo também que é a coisa mais difícil do mundo. Comunicar-se. Nossasenhoradaglória! Como é difícil se fazer entender, expor opiniões, dar pitacos, sem desgostar um ou outro. É muito difícil mesmo. As vezes, eu que sou do bem, tenho um bom humor incrível, para não desgostar alguém, prefiro otimitir opiniões para não azedar uma conversa. Muito difícil. Se fazer entender é uma arte para poucos.

11 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

WELSE AS VEZES DEIXO DE OMITIR OPINIÃO PARA Ñ PERDER O AMIGO OU MESMO SÓ PRA Ñ DESGOSTAR A PESSOA,AINDA MAIS QUANDO ACHO QUE É ALGUMA IMBECILIDADE!
BEIJO

JOANA CAMPOS disse...

Ui...cê falou bonito por demais agora! ôh!

Beijos

Joana Campos

disse...

Oi Welze,
Adorei os textos.
Rimos mto, eu e minha filha.
Mtas vezes concordo mesmo discordando p/ não arrumar confusão.
Bjs Rê

Néia (Dulci) disse...

Tenho ficado embasbacada ultimamente com a linguagem de alguns jovens (graças a Deus não incluo meu filho nessa turminha) que valha-me Deus quem poderá entendê-los? não posso acreditar que os pais dessas criaturas permitem esse tipo de comunicação.
Minha querida obrigada pelas boas vindas e digo o mesmo a você, um prazer enorme tê-la no meu blog.
Um beijo.

Maria Célia disse...

Boa noite, Welze
Concordo com você totalmente. Que linguagem é esta, meu Deus?
Um horror!
Bjos

Piell Rouse disse...

Nem imagina como peço para minha filha cuidar dos seus "papos" com a galera! tenho medo que ela acostume com isso... e só tem 13 anos!!
Beijokas

Deia disse...

Oi Welze! Estou convivendo com um grupo de jovens e consigo identificar alguns como você descreveu, mas estou encantada com um outro tanto que é tão articulado!! Beijocas, Deia!!

Leci Irene disse...

Bom dia, guria!!!!!!!!!!! depois da semana da cãotabilidade e de várias mensagens de ERROR depois de tentar fazer comentários... cá estou eu tentando de novo!
Menina, eu qando meia por fora do palavreado dos adolescentes... mas, como eles abreviam tudo no msn , só imagino como deve andar a coisa...

Glorinha L de Lion disse...

Oi queridona! E como! Concordo com vc, comunicar-se é difícil, nos fazer entender também!E as palavras escritas, por não serem ao vivo e à cores, rsrs, às vezes fazem a gente ter interpretações erradas. Por isso dá tanta confusão escrever...hehe Eu que o diga!
Bem, agora que já esclarecemos a questão comunicação, queria te dizer que TE AMO,tá? beijos.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Este seu texto é muito interessante.Realmente nem sempre
e fácil a conversa oral ou escrita.
"Não a esqueci".
Bj/Irene

Rachel disse...

Você está certíssima, ás vezes é preciso encurtar uma prosa para não perder o tom dela.
Com os jovens ás vezes é mais díficil, pois muitos deles acham que sabem de tudo e se você discorda de algo fazem cara feia e te taxam de chata, quadrada...e por aí vai!`
A convivência do ser humano é muito delicada, tem de se tomar muitos cuidados para não ferir alguém!
Bjuss e ótimo fim de semana para você e família!